Página Inicial > Viagens > América do Sul > Visite o Caminito em Buenos Aires

Visite o Caminito em Buenos Aires

Buenos Aires é uma das cidades turísticas da América do Sul mais procuradas pelos turistas do mundo inteiro. Cercada por pontos interessantíssimos, guarda um charme, uma gastronomia, diversas vinícolas e uma história riquíssimas, as quais muitas datam do século XVII, e que não podem deixar de ser apreciadas. E uma dessas atrações a ser vivenciada por qualquer turista que viaje à Buenos Aires é o Caminito, um passeio por um museu a céu aberto, localizado nos arredores do bairro La Boca, outro ponto tradicional e interessante nos arredores de Buenos Aires.

Um local que não pode deixar de ser visitado é o Caminito, um reduto de artistas de rua, que abriga uma série de histórias interessantes e muitas curiosidades. O local teria inspirado a famosa música-tango “Caminito”, de Juan de Dios Filiberto, composta em 1926 pelo músico.  O Caminito ainda está a apenas 400 metros do famoso estádio La Bombonera, casa do tradicional clube futebolístico das Américas Boca Juniors.

O Caminito é uma rua sinuosa próxima ao antigo canal Riachuelo, por onde os antigos moradores deviam cruzar para chegar até o bairro de Putin, do outro lado do canal. Ali, basicamente, o que se via nas primeiras décadas do século XX era apenas uma região portuária, depositária inclusive do lixo dos arredores, e que em 1959 por intermédio de Benito Quintela Martín, famoso pintor que morava na região, decidiu dar cor e vida ao local, pintando as casas, as quais em sua maioria eram de madeira, placas e telhas de metal, com cores fortes, acrescentando colorido à rua.

Ao longo da rua é possível encontrar diversas obras de artistas importantes expostas, como La madre, de Juan B. Leone, Regresso de la Pesca, Día Del Trabajo, do próprio Benito Quintela; Guardia vieja – Tango, de Israel Hoffmann, Clave del Aire, de Luís Pelotti e tantos outros importantes nomes para as artes argentinas. Eles forem deixando suas obras como marca de uma época boêmia, na qual pouco ou quase nada se ganhava com a arte.

Atravessando o Caminito, é possível ainda que o turista acompanhe diversos shows de tango, aliás muito, mas muito tango mesmo – e ao vivo -, que tanto caracterizam os argentinos. Há também uma avalanche de lojinhas que comercializam as produções artesanais dos artistas locais, tanto no próprio Caminito quanto nas ruas adjacentes.

Para quem ainda deseja apreciar o melhor da gastronomia de Buenos Aires – considerando os diversos pratos típicos da região, é mais do que agradável sentar-se em uma das inúmeras mesas dispostas pelos donos de bares e restaurantes que se fixaram no Caminito. Ao mesmo tempo em que acontecem os maravilhosos shows de tango, o turista aprecia o melhor da carne argentina e diversos outros pratos típicos servidos ao ar livre.

Compartilhe:

Deixe seu comentário!