Página Inicial > Iluminação > Veja Lindas Decorações Com Lustres e Pendentes Para Sua Casa

Veja Lindas Decorações Com Lustres e Pendentes Para Sua Casa

Objetos diversos – aprenda a usar lustres e pendentes

Alguns objetos não são úteis apenas para uso no dia a dia, mas também para ajudar a compor a decoração dos ambientes. Este é o caso de lustres e luminárias que, ao mesmo tempo em que são utilizados para ajudara compor a iluminação dos ambientes, também são peças que se incorporam à decoração do local. Por isso, é muito importante saber as diferenças entre cada um deles, assim como aprender a reconhecer qual peça é mais indicada para determinado ambiente.

De acordo com os historiadores que investigam a origem e evolução de determinados objetos, lustres e pendentes começaram a ser desenvolvidos ainda no século XIV, quando a forma de iluminar os ambientes era a utilização de velas. Os primeiros lustres eram muito rudimentares. Feitos em peça única, consistiam um prato ou bacia de metal que servia de suporte para espetos que fixavam as velas; tais bacias ajudavam a coletar os restos de cera e, ainda a evitar que restos de parafina caíssem sobre as pessoas.

Por volta do século XVII, é que os lustres tiveram um desenvolvimento mais significativo. Passaram a ser fabricados também em cobre – alguns eram de madeira – e se formavam em andares. Alguns lustres e pendentes também passaram ser a partir de cristais, o que promoveu significativamente a difusão e o brilho da luz. Entre os séculos XVIII e XIX, surgiram as primeiras luminárias que funcionavam a gás, querosene (as mais comuns) e, posteriormente já no século XX, as que funcionavam à eletricidade.

Durante as seis primeiras décadas do século XX, os lustres e pendentes eram sinônimo de riqueza, por isso, eram comumente vistos na decoração de casas de famílias mais abastadas. O que sugeria que a peça era também um objeto de desejo, já que significava ascensão social.

Nos fins dos anos 1980, eles começaram a sofrer certo declínio. A incorporação deles nas decorações de interiores passou a significar rebuscamento e exagero. Foram, portanto, sendo substituídos por pendentes mais leves, com formas mais sutis, fabricados em linhas retas e materiais dos mais diferenciados.

Assim como acontece na moda, há um resgate no uso de objetos e peças na decoração, o que provocou uma procura novamente pelos lustres. O estilo vintage, em alta, permitiu que muitos designers de lustres aplicassem aos modelos atualmente fabricados, o estilo que em tempos atrás, eram o mais desejado pelas pessoas.

Para escolher entre um lustre e um pendente, assim como o estilo de cada um deles, leve em consideração o projeto de iluminação dos ambientes, o estilo da casa, e o gosto pessoal.

Compartilhe:

Deixe seu comentário!