Página Inicial > Pets > Cachorros > Treinando o Seu Cão Filhote

Treinando o Seu Cão Filhote

Ter animais de estimação requer cuidados. Se os animais forem filhotes requer mais cuidados ainda, em particular se forem lindos e fofos filhotinhos de cães. Isto porque, se eles não receberem os devidos cuidados, ainda quando não ultrapassaram os seis meses, há o risco de se tornarem agressivos, obesos, e com comportamentos inadequados, como sair mordendo todos os móveis ou marcando território em excesso. É por isso que o recomendável é dar início aos processos de adestramento ainda nessa fase. Não deixe para depois, se quer ter em casa um bom companheiro e não um monstrinho.

Portanto, comece treinando seu cãozinho já no primeiro dia em que ele está em casa. Quanto mais tempo se passar, mais difícil será treiná-lo. Considere usar almofadas de treino para os primeiros dias. Ainda que elas não devam substituir a saída do cão para fazer suas necessidades, elas são úteis num estágio intermediário – especialmente para quem não possui uma área aberta, como quintal ou varanda.

Uma outra consideração a ser feita para ajudar a treinar o seu cãozinho é fazer o uso de uma caixinha. A caixa ajuda a controlar o desejo destrutivo do cão, nos primeiros dias. Mas, se usada corretamente. Não se pode deixar cãozinho trancado dentro dela. Também é um dos métodos indicados para os primeiros treinamentos para que eles aprendam a fazer as necessidades deles.

Também ensine os primeiros comandos básicos a ele, isto ainda reforça que ele perceba “quem é  dono, quem é que manda no pedaço”.  Quando eles ainda são jovens aprendem mais rapidamente a receber os comandos e a aceitá-los. Certos truques, mais tarde, são mais complicados de serem aprendidos. Ensine, portanto, seu cão a vir, a sentar, a se deitar e a obedecer ao dono.

Outra questão importante é ensinar o cão a viajar de carro. Alguns cães chegam a vomitar se passeiam de carro por poucos minutos. Isto não acontece se desde pequenos eles são ensinados a passear junto aos seus donos. Além disso, se ele não passear de carro com frequência, pode acreditar que está indo ao veterinário ou ao banho, o que pode alterar profundamente seu humor e comportamento.

Seja sempre firme com seu cão para que ele o obedeça. Nunca volte atrás em certas decisões e não dê bronca depois que já fez a bagunça. Sempre na hora, no ato, e sem qualquer tipo de violência. Eles aprendem também por meio do amor.

Compartilhe:

Deixe seu comentário!