Página Inicial > Tatuagem > Tatuagens de Grifos e Seus Significados

Tatuagens de Grifos e Seus Significados

O Grifo é um animal lendário que tem corpo e patas traseiras de leão, cabeça, asas e patas dianteiras de águai e orelhas pontudas. E com isto como o leão é considerado tradicionalmente como o rei dos animais, a água é a rainha das aves, e o grifo era levado como uma criatura muito especial e poderosa, além de majestosa por estar presente com todos estes elementos. Este tipo de desenho aparece bastante em várias tatuagens representando assim uma boa força e a fidelidade dos seres.

A origem do animal

Podemos dizer que o nome do animal é derivado do medieval latim gryphus que veio de um erro ortográfico e significa curvo e de nariz aquilino com uma referência ao seu bico. Muitos porém sugerem que a palavra grega tem uma origem semita e é relacionada ao hebraico kherub e também ao acadiano karubi que é um boi alado e colossal.

Em toda a antiguidade ele era um grande símbolo de poder divino, além de ser considerado como um grande guardião de tesouros. De acordo com toda a mitologia grega eles vigiavam todos os tesouros do país dos Hiperbóreos e ainda as crateras de Dionisio que eram cheias de vinho até a boca.

Eles serviam para puxar os carros voadores de Apolo e de Nêmesis, de acordo com Heródoto um existem muitas histórias envolvendo esta criaturas incríveis e especiais e por isso é motivo de curiosidade e vontade de ter tatuagens destes seres.

Na era medieval o grifo era um símbolo bastante frequente. E de acordo com escritores da época ele era levado nas armas e significa que o primeiro a o utilizar foi um homem forte e combativo pois ele tinha duas qualidades, a da águia e a do leão.

Reza a lenda ainda que os cavalos tem medo dos grifos e pintar um grifo no escuro serviria para assustar cavalos do inimigo. Em alguns exemplares, eles sem asas mas com grandes espinhos é chamado de grifos machos, e as fêmeas seriam aladas.

Tudo isto que é uma ótima alternativa para se fazer uma bonita e interessante tatuagem.

Compartilhe:

Deixe seu comentário!