Página Inicial > Pets > Cachorros > Samoieda, Conheça Mais Sobre Esse Lindo Cão

Samoieda, Conheça Mais Sobre Esse Lindo Cão

Originário da Rússia e da Sibéria, este cão está entre as raças mais bonitas do universo canino. O nome da raça é uma referência feita às tribos dos samoiedas, que usavam estes cães para puxarem os trenós, além de cuidar das renas da região. É um cão típico de regiões frias, e se dão muito bem em locais amenos e temperados. Não gostam do calor. Também é sabido que durante as grandes tempestades de neve, que ocorrem com frequência nas regiões onde mais vivem, costumam usar o rabo para protegerem os olhos e os focinhos que lembram muito os dos ruskys siberianos. Assim como os humanos das tribos samoiedas, os cães possuem os cantos dos olhos puxados para cima, o que sugere que estão sempre felizes ao exercerem seus trabalhos.

O cão da raça samoieda pertence ao grupo de cães de grande porte. Eles chegam a pesar 32 quilos em exemplares machos, e nas fêmeas até 25, isto quando adultos. A altura pode variar até 55 centímetros, isto se considerado até a cernelha. A cauda é uma de suas características mais marcantes, muito longa e peluda, na forma de um gancho lembrando e muito a de um lobo. A pelagem também é uma das mais belas branca e creme. Macia e muito densa. Os olhos, ao contrário dos ruskys siberianos, está entre o castanho e o preto, além de um formato muito inclinado para cima. Os narizes são desenvolvidos.

Os cães russos são altamente inteligentes. São também cães de trabalho. Estão sempre em alerta constante e costumam ser muito fiéis aos seus donos. Mas ao mesmo tempo, são muito dóceis, por isso não é aconselhável que sejam adotados como cães de guarda. Gostam muito de carinho e necessitam de afeto de seus donos, em particular daquele que ele elege como sendo o principal a quem deverá também obedecer. Não podem viver em apartamentos, muito menos em regiões de grande calor, pois são altamente sensíveis a este. Brincalhões e afetuosos, precisam de exercícios físicos constantes, não é possível criar um exemplar deste cão dentro de um apartamento, por exemplo.

Em contrapartida a toda a docilidade desta raça, são altamente teimosos e não obedecem com facilidade, se não forem adestrados desde filhotes. E mesmo assim, alguns exemplares costumam ser mais difíceis ainda de serem treinados. Para quem quer arriscar num exemplar deste aqui no Brasil, o ideal é que vivam nas regiões onde o frio e a temperatura amena sejam as preponderantes. Também necessitam de escovação diária em seus pelos, banhos constantes e alimentação de alta qualidade, e se possível com complementação de vitaminas.

Compartilhe:

Deixe seu comentário!