Página Inicial > Viagens > Europa > Roteiro Para Se Fazer em Quatro Dias na Região da Europa

Roteiro Para Se Fazer em Quatro Dias na Região da Europa

Em todas as viagens é possível escolher roteiros que englobem várias cidades, quando estas estão próximas umas das outras. Este é o caso bem particular da Europa, tanto ocidental quanto em sua parte mais leste, isso de deixa a viagem mais atrativa, por vezes, mais barata. Somente é importante salientar que em certos países não é necessário visto, mas outros sim. Então, procure selecionar os que numa mesma rota, possam ser mais tranquilos para uma primeira viagem.

Praga, uma das cidades mais famosas do leste europeu e também faz parte da opção da maioria dos turistas que optam pela outra Europa. Praga está na seleta lista da UNESCO, e é reconhecida como patrimônio histórico da humanidade, graças aos seus inúmeros monumentos inspirados em arte renascentista, gótica, barroca, e diversas pontes medievais que deve ser apreciada com toda a admiração por uma cidade que literalmente tem história para contar. Em Praga, não deixe de visitar a Charles Brigde, ponto inicial e final de qualquer roteiro turístico, que atravessa o rio VItava e liga o centro histórico a Mala Strana,  o Castelo de Praga, a catedral de São Vito, a Torre da Pólvora, o Palácio Real, a Torre Dalibor, o Convento de São Jorge, o Palácio Lobkowicz e a Viela Dourada. O relógio astronômico na torre gótica da Câmara Municipal merece uma bela foto para recordação.

Viena, capital, centro econômico, cultural e político da Áustria. A moeda oficial de Viena é o euro, porque a cidade é uma das que compõem a Comunidade Europeia. Também é uma das cidades turísticas mais baratas para se viajar. E, ao mesmo tempo, é uma cidade secular, com arquitetura que vai do medieval ao romântico, também é um local de grande desenvolvimento e modernidade. O idioma oficial é o alemão, mas para o turista que fala inglês, não haverá qualquer problema, já que todos na cidade dominam esta segunda língua.

Bucareste, capital da Romênia. Localizada no sudeste do país, às margens do Rio Dâmbovita, era apenas uma fortaleza, originalmente. A cidade conhecida como “a pequena Paris”, faz fronteira com a Sérvia, Hungria, Bulgária, Ucrânia e Moldávia. No século XV, foi residência oficial do Conde Vlad III – personagem que teria alimentado as lendas sobre o Conde Drácula. Quem vai a Bucareste não pode deixar de visitar o Palácio do Parlamento, que deve marcar o início da rota de visitação por toda a cidade.

Compartilhe:

Deixe seu comentário!