Página Inicial > Decoração de Casa e Apartamento > Móveis > Qual a Diferença da Restauração de Peças Antigas e Reformas das Peças

Qual a Diferença da Restauração de Peças Antigas e Reformas das Peças

Reformar é o ato de reutilizar uma peça específica por algum período de tempo, e a restauração funciona de uma forma um pouco diferenciada, e com isto é muito importante se ter em mente que o que é mais importante em uma peça antiga é reconstituir e buscar por todo o aspecto original existente da peça.

Com isto qualquer tipo de modificação, mesmo que ela possa ser para melhor é importante se desconsiderar todo este aspecto. Tudo isto é bastante diferente de uma reforma específica. Com isto toda a restauração pretende exclusivamente exaltar toda a beleza da natureza original da peça, isto poderá resgatar todo o tempo em que ela foi criada.

As reformas normalmente acabam atualizando o material e muitas vezes destroem a história de uma ferramenta antiga ou mesmo um monumento que foi criado com uma ideia específica.

Para que se tenha uma boa restauração é importante se levar em conta alguns pontos específicos, como por exemplo:

A reconstituição de partes específicas de uma ferramenta ou de uma peça de madeira por exemplo, deverão sempre que possível ser feitas com uma mesma espécie de madeira.

Os materiais muito antigos de forma alguma deverão ser envernizados, a não ser que se possa contar com a receita original. De forma tradicional é possível se utilizar óleo de linhaça para conservar a madeira e ainda metais ou até mesmo peças antigas. As ceras e lustradores de móveis poderão também ser utilizados.

As marcas de utilização não devem ser apagadas, já que são as cicatrizes de uma velha ferramenta.

Muitas ferramentas são reproduzidas até hoje, e por isso muitas vezes nem todas as ferramentas utilizadas são consideradas como uma ferramenta antiga. Da mesma forma existem uma série de ferramentas antigas por exemplo que nunca foram utilizadas e tem a sua aparência totalmente renovada.

A restauração deverá contar uma história

Antes de mais nada é importante desinfectar a peça, caso ela apresente sinais de brocas ou cupins, além de compostos de pó, furos na madeira entre outros. É importante depois de ser feita a restauração deixar a mesma lacrada por alguns dias para que possa curtir a restauração.

Compartilhe:

Deixe seu comentário!