Página Inicial > Veículos > Carros > Primeiro Seguro de Carro? Se Liga nessas Dicas

Primeiro Seguro de Carro? Se Liga nessas Dicas

Como fazer seguro de um automóvel pela primeira vez?

Um dos maiores símbolos da modernidade, o automóvel, criou não apenas facilidades de locomoção para o homem moderno: trouxe com ele status, popularização de novas profissões e também uma série de preocupações.

Aqueles que já ouviram a máxima de que um carro é como uma família, podem ter a certeza de que isto tem não apenas um fundo de verdade, mas uma verdade mais do que profunda. Um automóvel não é apenas o sinônimo de ter conquistado “algo” na vida, não é apenas um investimento, portanto.

Ter um automóvel é saber que a pessoa que irá ser o condutor principal e responsável por ele deverá ter uma série de preocupações que vão além da manutenção, tais como a possibilidade de roubo, sinistro ou um acidente natural.

E preocupar-se em fazer um seguro para o automóvel é fundamental, em especial para quem vive nos grandes centros urbanos, já que estes sempre estão mais propensos a certos riscos. O roubo, embora esteja sempre na primeira lista de preocupação, vem seguido de possíveis acidentes, ocasionados em especial por conta da falta de prudência de alguns motoristas.

Por isso, ao adquirir um veículo, o seguro deve ser feito imediatamente. O lembrete serve em particular para aqueles que estão adquirindo seu primeiro veículo.

As ofertas de seguros para automóveis existem a mais de meio século. Por se tratar de um bem, cujo valor é considerável, e sua perda ou dano implicam em perda de patrimônio, as agências de seguro, bem como os bancos, passaram a oferecer determinadas coberturas aos contratantes: quem faz um seguro de seu automóvel, caso seja acometido por um furto e tenha seu veículo levado e não recuperado, aciona a seguradora e não sai no prejuízo, já que as seguradoras criaram o mecanismo de cobertura que devolve ao cliente o valor do carro – parcial, total, segundo o valor de mercado deste. Ou de acordo com o pacote que for contratado na ocasião.

Caso haja um acidente – chamado de sinistro – haverá também a cobertura sobre o prejuízo. É importante, por exemplo, fazer a contratação contra terceiros, pois se o condutor que aciona o seguro for o causador do sinistro, ele terá a cobertura completa do prejuízo causado. De qualquer forma, fazer um seguro é fundamental.

Compartilhe:

Deixe seu comentário!