Página Inicial > Animais > Peixes Exóticos e Corais Moles Para Aquários de Iniciantes

Peixes Exóticos e Corais Moles Para Aquários de Iniciantes

Para quem está enveredando pelo universo do aquariofilismo (ou aquarifilismo) – a prática de montar e cuidar de aquários e peixes -, precisa, antes de mais nada, colher o máximo de informações sobre os tipos de aquários existentes e quais são os cuidados necessários para cada um deles. A princípio é importante saber que os tipos de aquários, assim como os peixes, podem ser divididos em duas categorias – os aquários de água salgada e os de água doce.

Os aquários de água doce podem ser classificados como: plantado, tropical, ornamental e o comunitário. Este último, mais comumente encontrado e pode ser mais fácil de ser mantido.

Um aquário plantado é aquele cuja função básica é garantir o desenvolvimento de plantas aquáticas. Tanto é que, para se ter um tipo de aquário como este é importante conhecer como ele deve ser construído, antes de mais nada. O aquário plantado possui parâmetros e equipamentos fisio e químicos de água que estão exclusivamente voltados para o crescimento de certas plantas aquáticas.

O mesmo deverá ser feito em relação aos tipos de peixes que podem ou não ser colocados ou não nos vários tipos de aquários. É importante também considerar que, para iniciantes, não se deve trabalhar com todos os tipos de espécies de peixes, em particular os de água salgada. Isto se deve ao fato dos cuidados exigidos pelos variados tipos de peixinhos – nem sempre basta apenas trocar a água do aquário a cada mês, por comida e manter oxigenação adequada.

Para quem tem a disposição e paciência, uma opção a ser acrescida em seu primeiro aquário são os peixes exóticos. Embora não pareça, alguns exemplares são recomendados para este tipo de aquário. Um tipo de peixe exótico que agrada muito aos olhares é o peixe-palhaço. Bonito, exótico, é altamente resistente. O que cabe bem à situação. Outra vantagem do peixe – palhaço é que ele se relaciona muito bem com corais. Lembrando que este deverá ser escolhido para aquários de água salgada.

O peixe palhaço deverá ser colocado, no mínimo, em pares. Além disso, não misture subespécies de peixes-palhaços, pois caso isto ocorra, a probabilidade de eles brigarem é quase 100%. Para que se adaptem melhor à vida em cativeiro, nos últimos anos eles têm sido reproduzidos em cativeiro. Assim, se adequam melhor aos tanques, não estando propensos às doenças. Alimentam-se de forma bastante variada.

 

Compartilhe:

Deixe seu comentário!