Página Inicial > Chocolate > Os Tipos de Chocolates

Os Tipos de Chocolates

De origem que remonta às civilizações pré-colombianas, o chocolate é um alimento  produzido à base de um tipo de amêndoa, que é previamente torrada, moída e depois fermentada. Inicialmente, a partir de suas sementes amendoadas, que vinham da fruta do cacau, se produzia uma bebida bastante energizante, cujas características eram todas atribuídas aos deuses. O chocolate, entretanto, somente teve a sua popularização entre os séculos XVII e XVIII, quando os exploradores europeus o levaram às suas terras natais. Lá, o chocolate encontrou muitos adeptos, mesmo num contexto onde as condições climáticas não eram favoráveis ao plantio nem ao cultivo.

Para ser consumido como conhecemos hoje, o chocolate passou por diversos tipos de aprimoramento, que vão desde o próprio cultivo até a sua industrialização. Se antes, o chocolate era apenas bebido em ocasiões ritualísticas ou em festividades dos nobres, hoje é um dos produtos mais consumidos no mundo inteiro.

Mas os resquícios de restrição de consumo perduraram até bem pouco tempo, cem forma de mitos que estão caindo por terra, graças às diversas pesquisas relacionadas ao chocolate. Por muito tempo, o chocolate foi considerado um vilão para a saúde. Isto se deve a questões, segundo pesquisadores, não somente a falta de conhecimento das propriedades químicas do chocolate, como também ao fato de ele ter sido um produto ligado diretamente à nobreza. Por excelência, caro e restrito.

O chocolate hoje possui alguns tipos distintos, embora todos tenham a mesma base. São feitos de cacau sólido, e acrescidos de manteiga, leite, açúcares, alguns tipos de grãos e até mesmo certos recheios. Isto normalmente encontrados nas barras industrializadas.

O chocolate ao leite é um dos que menos possui cacau, conta com apenas 25% da substância. E a exigência da quantidade é mundial, para que ele esteja fixado neste tipo.  Já o chocolate branco é obtido a partir da  manteiga de cacau com  outros ingredientes, sendo que um deles é a gordura. O que torna este tipo de chocolate não tão saudável quanto o amargo. O chocolate meio amargo, outra delícia de chocolate, é obtido a partir de 40 a 50 %  de cacau com outras substâncias, que são gorduras, pouco açúcar e leite. Este costuma ser considerado o mais saudável para o consumo diário.

Há  ainda os chocolates diets, isento de açúcares, porém altamente calóricos. Outros chocolates ainda podem ser encontrados, os sem lactose, à base 100% vegetal, os de alfarroba, pouco calóricos, mas sem o sabor do cacau, e à base somente de soja, sem adição de lactose. Este, ideal para os alérgicos.

Compartilhe:

Deixe seu comentário!