Página Inicial > Viagens > América do Norte > Dicas de Turismo Para Aproveitar Nova York

Dicas de Turismo Para Aproveitar Nova York

Nova Iorque é a cidade dos sonhos de muita gente. E tem de ser mesmo. Uma das mais importantes metrópoles do mundo teve seu crescimento consolidado após a II Guerra Mundial e tornou-se sinônimo de riqueza e prosperidade aos olhos de todos os outros países. Coração financeiro do mundo, a cidade está situada num dos mais belos recortes geográficos do planeta. Sem contar que é um lugar onde são oferecidos todos os tipos de diversão, passeio e cultura para os milhares de turistas que visitam- na todos os anos.  E opções são o que não faltam para os diversos interesses e bolsos para se ter uma grande estadia em Nova York.

Um dos passeios que não se pode deixar de fazer numa viagem à Nova York é a visita ao MOMA – Museu de Arte Moderna – hoje um dos museus mais importantes e influentes nas artes modernas e contemporâneas do mundo. O MOMA (MUSEUM OF MODERN ART) foi fundado em 1929, ano de várias incertezas e tensões mundiais, pelo grupo de mecenas de Lillie P. Bliss, Cornelius J.Sullivan, John D. Rockefeller II, os quais desejavam criar um espaço artístico no qual pudesse haver um diálogo entre os artistas da vanguarda da época, as novas produções artísticas em voga e o grande público.

E mesmo sob a perspectiva de um ano de grave crise mundial que culminou com a eclosão da II Grande Guerra, o MOMA em pouco mais de dez anos, conquistou não só os artistas pela proposta inovadora ao instalar-se em um prédio com novas noções arquitetônicas, como também a intenção de dedicar-se ao acolhimento dessas novas tendências e divulgá-las ao grande público nova-iorquino.

Localizado em Midtown -11 West 53 Street– região central de Manhattan – o museu à época de sua abertura possuía apenas oito pinturas e um desenho, os quais foram doados para a sua abertura. Hoje, com um dos mais ricos acervos do mundo, conta com mais de 150.000 peças entre pinturas, esculturas, desenhos, fotografias, imagens e peças de design, além de 300 mil livros e ficheiros de mais de 70.000 artistas. E tudo isto distribuído em 58 mil metros quadrados, o que faz jus ao título de um dos mais importantes museus do mundo.

O seu acervo abriga as mais belas obras de artistas importantíssimos para a história da arte e de todo o desenvolvimento e propagação das vanguardas e do modernismo, como obras de Salvador Dalí, Pablo Picasso e Edward Munch.

Compartilhe:

Deixe seu comentário!