Página Inicial > Bem-Estar > Yoga > Modalidades Que Podem Ser Encontradas Para a Prática do Yoga

Modalidades Que Podem Ser Encontradas Para a Prática do Yoga

Prática milenar, a yoga é uma das atividades que mais cresceu no mundo nos últimos anos. Dados apontam que apenas nos Estados Unidos, já são mais de 18 milhões de praticantes, e o número de adeptos, ainda de acordo com a pesquisa realizada, tende apenas a crescer. Isto pode ser facilmente explicado. A prática da yoga traz uma série de benefícios aos praticantes. Entre eles estão a melhora nítida na capacidade de concentração, o aumento da flexibilidade corporal, a melhora na circulação sanguínea, bem como em todo o processo digestivo. E não é apenas isto. Há uma melhora na questão do equilíbrio holístico do ser, que passa a ter mais domínio sobre as suas emoções, já que  a prática ajuda a aprender a esvaziar a mente.

Hoje, já são diversas as modalidades da yoga que são praticadas, em especial, no ocidente, onde a popularização da yoga se deu muito em épocas mais modernas. Entre as modalidades mais procuradas estão:

Ásana ou asana – essa é uma das modalidades que mais respeita o alinhamento das cadeias musculares do corpo, exigindo total consciência do mesmo. Esta é uma das práticas com a qual o iniciante não precisa ter preocupações com distensões ou lesões corporais, pois é a mais segura, uma vez que os movimentos são tranquilos. Os exercícios fortalecem o corpo, aumentam a agilidade, e previnem contra doenças psicossomáticas.

Pránáyáma – esta é a modalidade que trabalha com exercícios respiratórios. O objetivo, logo no início, é fazer uma reeducação da musculatura envolvida no processo de respiração, o que a longo prazo, melhora a absorção do oxigênio. A prática atua na energia do corpo, aumentando-a e melhorando-a enquanto distribuição corpórea.

Yoganidra – é uma prática que já segue mais a linha da descontração muscular, mas de forma bastante consciente. A prática é feita com muita meditação: imagina-se uma cor envolvendo o corpo, que leva cada um a lugares paradisíacos e distantes. Isto promove um ‘relaxamento’ mental que obriga o praticante e viver com menos velocidade.

Meditação – a mais conhecida entre as pessoas. Trata-se de sentar-se quieto, e observar-se a si mesmo. Esta é a prática que mais oferece um processo de autoconhecimento, uma vez que obriga o praticante a se desligar do mundo que tanto observa e passar a observar a si mesmo, vivenciando as próprias emoções, pensamentos e atitudes. Talvez seja a mais difícil de ser praticada.

Compartilhe:

Deixe seu comentário!