Página Inicial > Flores > Lírios e Sua Grande Diversidade

Lírios e Sua Grande Diversidade

Pertencentes à família das liliáceas e amarilidáceas, os lírios são originários muito provavelmente de países do hemisfério norte. No entanto, de acordo com o que ocorre com outras plantas, os lírios se espalharam pelo mundo, para iluminar ainda mais as paisagens naturais.

Os lírios são plantas que podem atingir até 2 metros de altura, dependendo da dentro de suas espécies, as quais são bastante variadas. Há lírios da paz, lírios do bosque, lirium sp, lírio da paz gigante, lírio do amazonas, lírio tocha. São mais de 100 espécies espalhadas mundo afora.

São os lírios a 5ª flor mais vendida no mundo inteiro, dadas as suas propriedades. Eles apresentam folhas grandes, lanceoladas e lisas, uniformemente distribuídas ao longo da haste floral. Suas flores terminais, podem ser solitárias ou em grupos, dependendo da variedade e são muito perfumadas, seu formato pode ser plano, de trombeta, cálice ou turbante. Suas cores das flores também são bastante variadas e as mais comuns em cultivo são a laranja, a amarela, a branca, a vermelha e a rosa, com ou sem pontilhados.

Os lírios são plantas altamente sofisticadas, independente de sua tipificação. Entre eles um dos mais conhecidos é o lírio da paz amarelado, que sobrevivem na sombra, mas não podem ficar nesta situação por muito tempo. Como todos de sua espécie, gostam de local mais iluminado, seja mais próximo de uma janela, ou até mesmo na área externa, em uma varanda ou corredor iluminado. Não devem, no entanto, receber luz solar direta entre às 10 e às 17 horas.

Podem ser usados na decoração de interiores também, embora fuja do padrão conhecido e popular de uso. Por isso, decorara a casa com lírios é ter a certeza de um resultado cheio de diferencial e regado a todas as simbologias resguardadas nestas flores. Uma boa pedida é decorar vários ambientes da casa com vasos e arranjos feitos de lírios. Além de perfumarem, dão um toque de cores e de natureza ao local onde estiverem dispostas. Mesas de canto, que muitas vezes ficam sem muita função, ganham vida e beleza ao terem sobre elas um belo vaso de cristal com lírios alaranjados e vermelhos.

Os lírios de maneira geral devem ser cultivados em solos leves e férteis, enriquecidos com matéria orgânica, regados a intervalos regulares, para que se mantenha úmido, sem encharcamento. Os lírios apreciam o frio e perdem a folhagem durante o inverno, sendo este período muito importante para a maturação dos bulbos. Não toleram a seca. Multiplicam-se artificialmente por escamação dos bulbos para a produção de bulbilhos.

Compartilhe:

Deixe seu comentário!