Página Inicial > Viagens > Brasil > Ilhabela, Conheça Essa Bela Ilha

Ilhabela, Conheça Essa Bela Ilha

Ilhabela faz jus ao nome. A cidade é classificada como município-arquipélago marinho, que está localizado no Estado de São Paulo, a norte, já quase em direção ao Rio de Janeiro. Faz parte da chamada microrregião de Caraguatatuba, e conta com uma população local de aproximadamente 29.000 habitantes. A área total de Ilhabela é de 347.537 quilômetros quadrados, resultando numa densidade demográfica de 81,13 habitantes por quilômetro quadrado. A cidade ainda conta com uma das mais acidentadas paisagens da região costeira brasileira, com todas as características do chamado relevo jovem.

Situada em um conjunto montanhoso – formado pelo Maciço de São Sebastião e Maciço da Serraria, Ilhabela é roteiro certo para quem quer apreciar as mais belas praias do litoral norte de São Paulo. É um tesouro na Terra, que conta com mais de 40 praias, algumas delas quase intocadas. Em torno da ilha, há picos quase sempre cobertos por nuvens ultrapassam a marca de 1.300 metros. E a mata Atlântica da ilha, cobre 85% do município e tem a proteção do Parque Estadual de Ilhabela. Um privilégio, considerando que, no total, a área remanescente em nosso país é de apenas 7% da cobertura original.

Mas não se engane o turista que ache que em Ilhabel não há nada de civilização. A ilha que já foi de difícil acesso, hoje apresenta toda a infraestrutura de cidade grande: asfalto, ciclovia, TV a cabo, internet e sinal de celular. No centro histórico, que é conhecido por Vila  – fazendo jus ao antigo nome da ilha, Villa Bella da Princesa, em homenagem à irmã de D. Pedro I- , há luxuosas pousadas, cafés, lojas sofisticadas, bares e restaurantes badalados que contam com luxo e sofisticação de primeiro mundo.

No entanto, há locais onde o asfalto acaba e que somente é possível chegar de jipe, por exemplo, em Castelhanos – que o turista deve seguir por trilhas ou barco. Lá, há desligamento total com a civilização.  Para quem quer conhecer bem a ilha, o ideal são os passeios pelas trilhas, mas para isto é preciso disposição e muito repelente, já que o lugar é conhecido habitat de borrachudos. Estes têm outros companheiros também, que fazem os olhares dos citadinos se emocionarem à primeira vista: são muitos tucanos, maritacas, arapongas e pica-paus nas verdes matas da cercania. Vale ficar atento, porque também há as jaguatiricas, que embora estejam em processo de extinção, são largamente vistas por lá.

Compartilhe:

Deixe seu comentário!