Página Inicial > Entretenimento > História e Vida de Janis Joplin

História e Vida de Janis Joplin

Janis Lyn Joplin, popularmente conhecida como Janis Joplin, nasceu em Port Arthur no Texas em 19 de Janeiro de 1943 nos EUA e morreu no mesmo país, em LA, no dia 4 de Outubro de 1970, aos 27 anos de idade. Cantora e compositora, ele era considerada a maior intérprete de rock, blues e soul dos anos 1960. Em evidência como vocalista da Big Brother and the Holding Company e, depois, como artista solo, Janis é lembrada até hoje.

Influenciada pelos maiores artistas do jazz e blues, ela se inspirava em nomes como Aretha Franklin, Billie Holiday, Etta James, Tina Turner, Odetta, Leadbelly, Big Mama Thornton e Bessie Smith. Com sua voz marcante, Janis se tornou um ícone da música.

Joplin cresceu ouvindo blues, concluiu o curso secundário e foi para a Universidade do Texas, na cidade de Austin, onde começou a cantar. Uma de suas marcas era a atitude rebelde, e se o figurino igual aos dos poetas da geração beat.

Janis saiu do Texas e foi pra São Francisco em 1963. Morou em North Beach, entrou pra banda Big Brother & The Holding Company e ganhou destaque entre a comunidade hippie, se sobressaindo no Festival Pop de Monterey, com uma versão de “Ball and Chain.

Um de seus maiores sucessos da época foi a música “Piece of my Heart”. Tempos depois ela saiu da banda e fez carreira solo com o apoio da banda Kozmic Blues Band, que a seguiu no festival de Woodstock. Mais tarde, o grupo se separou, e Janis se uniu coma a banda Full Tilt Boogie Band. A consequência foi o álbum Pearl de 1971, lançado depois da morte da cantora, e que se destacou com faixas como “Me and Bobby McGee”, e a clássica “Mercedes-Benz”.

Janis esteve no Brasil em 1970, fez topless em Copacabana e foi expulsa do Hotel Copacabana Palace por nadar nua na piscina. Janis teve uma rápida e conturbada relação de amor com o rockeiro brasileiro Serguei.

Apesar de tanto sucesso e reconhecimento, Janis sempre teve problemas com drogas e álcool. No dia 4 de outubro de 1970, Joplin tinha uma gravação agendada, porém não apareceu no estúdio, então seu empresário, John Cooke foi até o hotel onde a cantora estava hospedada e a encontrou morta, vítima de overdose de heroína. Uma das últimas gravações foi Happy Trails, que foi feita como presente de aniversário para John Lennon, que recebeu a gravação em sua casa dias depois da morte de Joplin.

Janis deixou apenas 4 álbuns gravados: o Big Brother and the Holding Company (1967), Cheap Thrills (1968), I Got Dem Ol’ Kozmic Blues Again Mama (1969) e o Pearl (1971).

Compartilhe:

Deixe seu comentário!