Página Inicial > Negócios > Franquia da Escola de Idiomas Wizard

Franquia da Escola de Idiomas Wizard

O mercado de trabalho está cada vez mais competitivo. Destaca-se quem tem mais qualificação, experiência e profissionalismo. Nesse pacote, saber falar uma língua estrangeira é um fator que pesa muito na balança no momento de uma entrevista para emprego, por exemplo. O contratante procura alguém que está à frente, que pode contribuir mais para a sua empresa. Tanto é verdade que os cursos de idiomas se proliferaram. Um deles, já com tradição no seu segmento, é a Wizard.

A Wizard é a rede de escolas de idiomas que mais cresce em seu setor: hoje são 1.131 franquias em todo o país e 32 no exterior. A metodologia de ensino estimula a aprendizagem do aluno em todos os sentidos: falar, pensar, compreender, ler e escrever num segundo idioma. Os franqueados recebem total apoio e treinamento para a montagem padrão das escolas.

O modelo padrão é parte de uma concepção que permita flexibilidade de adequação aos diversos tipos de imóveis, desde que ofereça um ambiente perfeito para as aulas e projete a identificação imediata da marca e do conceito Wizard. O investimento total da franquia, englobando capital para instalação, taxa de franquia e capital de giro, são de R$ 65.800 a R$ 359.800.

A área para abertura da escola da Wizard varia de 150 m² a 600 m² e o número de funcionários, de 10 a 30. O faturamento médio mensal é de R$ 38.000 e o retorno financeiro ocorre entre 18 e 36 meses.

A primeira franquia da Wizard foi criada em 1987. Recebeu 3 vezes o prêmio Selo de Excelência em Franchising, além de trabalhar buscando o desenvolvimento sustentável da sociedade. Participa do Programa Franchising de Baixo Carbono que tem por meta reduzir e compensar os gases causadores do efeito estufa (GEEs) provenientes de energia, gás, combustíveis e resíduos sólidos. Como é praticamente impossível zerar a emissão de GEEs no processo produtivo e na prestação de serviços, o que não puder ser eliminado com esse processo será compensado com plantio de árvores nativas para recuperação das matas ciliares do rio Xingu (MT), por meio do projeto Y Ikatu Xingu, mantido pelo Instituto Socioambiental (ISA) e coordenado pela Associação Franquia Sustentável (AFRAS).

Compartilhe:

Deixe seu comentário!