Página Inicial > Bem-Estar > Exercícios Regulares de Yoga

Exercícios Regulares de Yoga

Os asanas são a parte mais conhecida da Yoga no ocidente. São os exercícios que trabalham músculos e articulações, alongam e fortalecem os músculos, ativam glândulas e órgãos, fazendo com que tudo em nosso corpo funcione numa incrível sincronia. Mas, para o Yoga, o mais importante é que os asanas desobstruem os canais de energia, permitindo que o fluxo de prana (energia vital) seja restaurado e intensificado.

Algumas posições simples podem ser feitas em casa, logo cedo, antes de dormir, no horário do almoço, lembrando que é preciso dar um intervalo de, pelo menos, duas horas entre uma refeição e o exercício. Mas, antes de iniciá-lo, como em toda e qualquer prática, é aconselhável consultar um médico se existirem problemas de saúde. Importante também executar os movimentos com suavidade, já que estará se praticando sem o auxílio de um profissional.

A respiração deve ser mantida sobre controle, profunda e ritmada durante a prática. Os movimentos para cima são acompanhados por inspiração e os movimentos para baixo, por expiração. E as roupas devem ser confortáveis, sem prender a movimentação, como short e camiseta ou um agasalho de moletom em dias mais frios.

O exercício deve ser feito sobre um tapete (de borracha, próprio para o Yoga) que não escorregue, portanto nada de usar óleos ou cremes que podem causar um acidente ao praticante. É importante que o piso seja um pouco macio, mas bastante firme. Gestantes e mulheres em período menstrual não devem fazer a prática.

Os asanas são executados apenas uma vez para cada lado e permanece-se nele, contando cinco respirações em cada um. Efeitos são melhores obtidos quando se inicia pelos exercícios respiratórios. Em seguida, deve-se ficar deitado por alguns instantes para relaxar cada músculo.

O primeiro passo é unir os pés e sentir o peso. Depois, as etapas são as seguintes: olhar para um ponto fixo à frente que ajudará a manter a concentração; deslocar o peso do corpo para o pé esquerdo e flexionar o joelho direito, elevando-o lentamente, enquanto inspira-se profundamente; segurar o joelho com as duas mãos e manter coluna, naturalmente, ereta; fazer cinco respirações profundas e desfazer lentamente, baixando a perna e soltando o ar. O mesmo exercício deve ser feito com a outra perna.

Esse exercício auxilia a desenvolver a concentração e ajuda a focar a energia nas metas estabelecidas para a vida. Com persistência, é possível adquirir o equilíbrio físico e emocional.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Compartilhe:

Deixe seu comentário!