Página Inicial > Pets > Cachorros > Dicas de Cães da Raça Pinscher

Dicas de Cães da Raça Pinscher

Quais os cuidados que se deve ter com os cães da raça Pinscher?

O velho ditado popular é sábio: o cão é o melhor amigo do homem. Há muito que as pesquisas vêm apontando que ter um animal de estimação em casa faz com que os moradores sejam mais afetuosos e solícitos. Sem contar que se há crianças no ambiente, elas aprendem a ter mais responsabilidade por ter de ajudar a cuidar de seus animais. E se o animalzinho de estimação for um cão de raça e viver em um apartamento, alguns cuidados a mais com a espécie precisam ser tomados pelos donos.

Os cães acompanham o homem a cerca de 10.000 anos, quando começaram a ser domesticados. Existem indícios claros e comprovados de que eles são oriundos da família dos lobos. Acontece que foram sendo cruzados e novas raças foram surgindo, inclusive as de pequeno porte.

Para quem mora em apartamentos, onde não há muito espaço, mas o desejo de ter um animal de estimação é latente, o ideal é que sejam criados os pets de pequeno porte. Um cão bem interessante que vive bem em espaços reduzidos é o da raça pinscher. Originário da Alemanha, é um cão de pequeno porte, ou ainda classificado como miniatura, já que sua estatura média não costuma ultrapassar os 30 centímetros. Apresenta uma expectativa de vida de até 15 anos, e seu peso atinge até 5 kg.

Tamanho não é mesmo documento, pois os pinschers são considerados cães de guarda e caçadores. Estão sempre em estado de alerta, e qualquer barulho desconhecido é motivo para latidos intensos. Isto é um ponto que deve ser muito observados por donos de pinscher. Se o cão vive em locais com muito barulho, a tendência é que fiquem extremamente irritadiços e passem a latir constantemente. Eles necessitam viver em ambientes que tenham bastante tranqüilidade.

Por outro lado, são cães alegres, fiéis, divertidos e muito brincalhões. Outro cuidado que se deve ter em relação ao Pinscher é quanto a educação dele. Embora sejam fiéis e leais, tendem a não obedecer. Desde os primeiros meses de vida é necessário que o dono seja muito firme e o eduque com discernimento. Pinschers não toleram brutalidade e precisam muito de passeios ao ar livre para relaxar.

Compartilhe:

Deixe seu comentário!