Página Inicial > Pets > Cachorros > Dálmatas, Saiba Mais Sobre Essa Inteligente Raça

Dálmatas, Saiba Mais Sobre Essa Inteligente Raça

Os cães da raça dálmata estão classificados na família dos scenthound pointer, não esportistas, e de função original puxador de carruagem. Os exemplares adultos machos chegam aos 58 centímetros, pesando por volta de 27 quilos. Eles ocupam no ranking de inteligência, a posição de número 39.

Graciosos e largamente conhecidos por serem personagens principais de alguns filmes da Disney, os dálmatas são facilmente de serem reconhecidos por conta das inúmeras manchas pretas que possuem de forma tão característica. Os pelos desta raça são lisos, curtos, brilhantes e densos. Os filhotes nascem com pelagem toda branca, sendo que as manchas pretas começam a aparecer por volta do 12º dia. Já as orelhas são em formato arredondado para baixo, as manchas da cabeça, cauda e orelhas são menores daquelas apresentadas no corpo. Além disso, possuem o peito bem fundo.

Os dálmatas são muito inteligentes, e por essa razão, fáceis de serem adestrados. São tão inteligentes que chegam a demonstrar com os latidos e os movimentos do corpo, o que desejam de seus donos. O faro é altamente desenvolvido, o que justifica pertencerem à família de farejadores.

Outro ponto alto dessa raça canina, é o fato de serem altamente tranquilos, é muito difícil que um exemplar dessa raça ataque alguém, mesmo que ele esteja em situação de risco. Por outro lado, não gosta de pessoas estranhas, o que faz com que sejam ótimos cães de guarda.

Também são ótimos vizinhos, mantêm relacionamento mais do que cordial com outros cães.

Possuem muita energia, gostam de brincadeiras, fazem amizades com estranhos facilmente, por isso não convém que sejam adotados na função de cão de guarda. Gostam muito de interagir com outros animais, possuem boa tolerância tanto ao frio quanto ao calor, se apegam por demais ao seu dono, gostam de carinho e muito afeto.

Os dálmatas ainda possuem uma facilidade de treinamento incrível. Chegam a viver até 14 anos, se os cuidados com a alimentação for seguida á risca. Isto porque eles, embora tenham ótimas características, apresentam disfunções de metabolismo consideradas preocupantes. Eles são incapazes de metabolizar a ácido úrico, o que provoca a formação de pedras nos rins.

É importante saber que são altamente alérgicos, bem como propensos à epilepsia e a surdez, justamente por conta de diversos cruzamentos entre os seus.

Precisam muito da companhia humana, se ficarem sozinhos por muito tempo, costumam ficar deprimidos e podem até ficar doentes.

Compartilhe:

Deixe seu comentário!