Página Inicial > Bichos > Cuidados Com Papagaios Filhotes

Cuidados Com Papagaios Filhotes

Animais  muito divertidos e que estão ainda em processo de extinção, por conta da exploração ilegal que se realizou durante muito tempo, os papagaios já podem ser criados de maneira legalizada, por pessoas que amem estas aves. Pertencente à família das Psittacidae, e do gênero amazona, os papagaios são curiosos engraçados e possuem a características que são muito peculiares. Entre elas, pode ser destacada a capacidade de reproduzir sons humanos; em alguns casos, as aves chegam até mesmo a reproduzir palavras, frases e canções inteiras. Isto acontece por conta da alta capacidade de aprendizado que possuem. De acordo com os biólogos, os papagaios estão no grupo de aves mais inteligentes, ficando atrás apenas dos corvos.

 

Quem deseja ter um exemplar de papagaio em casa, precisa ter uma série de cuidados especiais com estes animaizinhos, principalmente se eles forem filhotes. No caso dos filhotes, os cuidados já se acentuam na alimentação, que deve ser diferente de um exemplar adulto.

 

A alimentação de um papagaio filhote é bastante trabalhosa. Então, para ter um filhote em casa, é preciso estar disposto a realizar todos os cuidados que eles precisam para sobreviver.  Os cuidados já se iniciam com a forma que o alimento deve ser oferecido ao papagaio filhote. A alimentação é manual, ou seja, feita com a mão. As aves que são criadas na mão são mais dóceis e fáceis de domesticar. No mercado, existem algumas rações balanceadas que já vêm prontas para o uso. Não é necessário, portanto, preparar o alimento de forma caseira.

 

As rações prontas são mais indicadas já que são mais palatáveis, saborosas, e contêm os nutrientes na medida certa para cada fase da ave. Também não se pode fazer misturas de rações nesta etapa de desenvolvimento do papagaio. É importante não sejam oferecidas frutas aos bichinhos, uma prática muito comum entre criadores inexperientes.

 

No período que vai dos 31 dias de vida do filhotinho de papagaio até o desmame dele, é importante que a dieta alimentar aconteça três vezes ao dia. No momento em que for oferecer os alimentos para ele, é importante apalpar o pago, para saber se este está vazio. Toda a alimentação deve ser fresquinha e sobras não devem ser reaproveitadas.

 

A temperatura do alimento deve ficar a casa dos 37°C e deve ser mistura em proporção de duas partes de água para cada parte de ração. Ele deverá comer no próprio ritmo, uma quantidade aproximada de 50 ml. Faça uso de uma seringa para oferecer o alimento nos primeiros dias.

 

Compartilhe:

Deixe seu comentário!