Página Inicial > Filhotes > Cuidados Com Alimentação e Desmame de Gatinhos Filhotes

Cuidados Com Alimentação e Desmame de Gatinhos Filhotes

Quem tem gatinhos recém – nascidos por perto precisa ter uma série de cuidados com eles e com a mãe. A primeira questão é manter os filhotes sempre perto da gata. Como eles são recém-nascidos, ela ainda está amamentando e possui muito leite. Por que o desmame não pode acontecer tão breve? Justamente porque a gata corre o risco de ter mastite, se não amamentar os seus filhotinhos de maneira regular. O leite empedra e causa uma série de outros problemas na mãe. O ideal é separá-los apenas depois dos 60 dias de vida.

Como gatos são animais independentes, eles cuidam de sua própria alimentação, logo após o parto. A mãe posiciona os filhotes próximos da mama para que os mesmos já consigam obter o leite e assim poderem se alimentar. O correto também é que eles mamem até os 2 meses de idade, logo, podem ser desmamados e separados da mãe. Antes disso, o risco de não sobreviverem é bem grande. Se por qualquer motivo, a gata rejeitar os filhotes, deve-se alimentá-los com leite artificial próprio para gatinhos recém-nascidos.

Após a terceira semana de vida, os gatinhos passam a mamar apenas duas vezes por dia. Nesse período já é possível deixar disponível um pires raso com leite fresco para que o animal vá se acostumando a beber sozinho. A partir de quarenta semanas, os gatos costumam iniciar com comida para gatos adultos.

Depois da quarta semana de vida, já é possível começar a fazer o desmame dos gatinhos. Isto é altamente conveniente, já que eles passaram a ter os primeiros dentinhos, o que torna a amamentação bastante desconfortável para a gata.  E não é apenas isto. O leite da mãe já começou a secar e ela chega até mesmo a regurgitar alguns alimentos para poder complementar a alimentação de seus filhotes. Portanto, é hora de começar a fazer o processo de desmame.

A alimentação sólida pode ser composta por comida caseira ou ração específica para filhotes. A frequência de alimentação varia conforme a idade dos filhotes: antes de 90 dias são 5 refeições diárias, a partir dos 90 dias, 4 refeições, e dos 6 meses a 1 ano, 3 refeições diárias. Vale lembrar que o fornecimento de água limpa e fresca também é muito importante para o bom desenvolvimento dos filhotes.

Também comece a organizar as principais vacinas dos seus gatinhos, já que a partir dos 45 dias de vida eles precisam receber as primeiras doses contra rinotraqueíte, a calicivirose, a panleucopenia, a leucemia felina e a clamidiose.

Compartilhe:

Deixe seu comentário!