Página Inicial > Decoração de Casa e Apartamento > Plantas > Conheça um Pouco Sobre as Flores Ornamentais Boninas

Conheça um Pouco Sobre as Flores Ornamentais Boninas

 

A bonina é uma planta herbácea, florífera e perene, conhecida no mundo inteiro por suas propriedades medicinais, bem como as ornamentais. Muitos a conhecem como margarida ornamental, uma vez que há muitos nomes populares para esta flor ornamental. Entre eles podemos citar Bela-margarida, Bonita, Mãe-de-família, Margarida, Margarida-comum, Margarida-dos-prados, Margarida-inglesa, Margarida-menor, Margarida-rasteira, Margarida-vulgar, Margaridinha, Margarita, Rapazinho, Rapazinhos, Sempre-viva.

Pertencentes à família das asteraceaes, as boninas são originárias da Ásia e da Europa. Mas se espalharam por diversas regiões do planeta com o processo das colonizações, a partir de meados do século XV.

São flores pequeninas, que não ultrapassam a altura de 0.3 metros. Conhecida no meio científico como bellis perennis, faz jus ao nome, por conta de sua beleza tão singela.

Trata-se de uma flor que pode ser reconhecida por conta de suas características fundamentais. Ela possui folhas são verdes, espatuladas, carnosas, com margens crenadas ou serradas, pubescentes e dispostas em roseta basal. Suas inflorescências despontam acima da folhagem, e são do tipo capítulo, com pétalas em nuances róseas, brancas ou vermelhas e o centro amarelo brilhante. O florescimento se distribui durante todo o ano, dependendo da época de plantio. Os frutos são secos, ovados, pubescentes e indeiscentes, do tipo cipsela. Há variedades com inflorescências de corola simples ou dobrada.

As boninas são delicadas, alegres e seus formatos lembram em muito belos pompons. Costumam ser usadas em dobraduras, maciços, vasos e jardineiras. Embelezam qualquer espaço onde são cultivadas. Vale ainda lembrar que se trata de uma flor bastante durável, tornando – a altamente recomendável para o paisagismo.

É ainda uma planta altamente versátil, visto que pode ser usada na culinária e no ramo da medicina.

Para quem deseja cultivar as boninas, há alguns cuidados que devem ser tomados quando ela é escolhida, em especial para ser posta nos jardins. Elas devem ser cultivadas sob sol pleno ou meia sombra, em solo fértil, bem drenável, enriquecido com matéria orgânica e irrigado regularmente.

Também são flores que se dão muito bem com frio do clima subtropical ou temperado, florescendo em abundância no inverno. No entanto, vale apontar que, como são flores delicadas, não toleram geadas fortes, devendo ser protegida com palha ou outra forração. O ideal é manter as boninas em estufas, caso seja possível.

Apesar de perene, é cultivada como anual e no máximo bienal, pois perde a beleza e o vigor com o tempo. Multiplica-se por sementes e por divisão dos estolhos.

Compartilhe:

Deixe seu comentário!