Página Inicial > Pets > Cachorros > Conheça Um Pouco Mais Sobre a Raça Boxer

Conheça Um Pouco Mais Sobre a Raça Boxer

Fortes, ágeis e muito resistentes, são estas as três grandes marcas da raça canina boxer. Acredita-se que por conta disso, esta tenha sido uma das primeiras raças de cães a serem utilizadas tanto pela polícia quanto pelos militares na Alemanha. Em 1900, conta-se que a raça já era tida como comum, uma vez que milhares de pessoas possuem um exemplar em suas casas, para fins variados. Não eram tratados, pois, como uma raça de grandes especialidades, mas ao longo do tempo, provou-se totalmente ao contrário e, por volta de 1940, já quase no fim da Segunda Grande Guerra, foram finalmente classificados como cães de raça.

É possível explicar porque os boxer demoraram tanto tempo a serem aceitos, especialmente na Europa. O boxer não é um cão que se torna maduro, ou seja, o comportamento dele permanece quase como o de um filhote, mesmo que esteja na classificação no ranking – os cães da raça boxer pertencem ao grupo 2, a de cães trabalhadores, estando também na seção 2,  cuja ocupam a 48ª. posição no ranking de inteligência, da tabela cinológica. Por essa – e outras condições – os cães da raça boxer são ideais para conviverem com crianças.

Os cães da raça boxer podem chegar a uma altura de 63 centímetros, considerando até a cernelha. Já o peso fica na casa dos 36 quilos, se não ficarem obesos, o que costuma ser uma tendência entre os cães dessa raça que não fazem atividades físicas com certa regularidade. Não são os cães que mais vivem entre a espécie, podem chegar até 10 anos de idade, se criados em condições favoráveis e não desenvolverem quaisquer tipos de doenças.

Precisam ainda de outra atividade: a mental. Caso não o façam, costumam ficar irritadiços e podem roer a casa toda. Longas corridas costumam ser a atividade mais indicada. Com goleira e guia, na companhia do dono.

A personalidade é muito fácil de tratar. São brincalhões, exuberantes, curiosos, expressivos, devotados e extrovertidos. Às vezes podem apresentar certa teimosia, mas costumam respeitar e atender bem aos comandos de seus donos. Fáceis de serem adestrados. Precisam de convívio familiar. Não gostam nem devem viver sozinhos.  Precisam ainda ser criados em casas com quintais grandes para à prática diária de atividades.

Também possuem pelagem curta, brilhante e bem assentada. A cor da pelagem pode ser dourada ou tigrada. No caso do dourado, vai do amarelo claro ao vermelho escuro. De orelhas longas e baixas, e os olhos podem ser nas cores marrom escuro ou amêndoa. O focinho do boxer é largo, sem rugas e poderoso. Possuem uma espécie de máscara preta no focinho. A ossatura é larga e muito firme também.

Compartilhe:

Deixe seu comentário!