Página Inicial > Plantas > Conheça Mais Sobre Melancia ou Citrullus lanatus

Conheça Mais Sobre Melancia ou Citrullus lanatus

 

Conhecida cientificamente como Citrullus lanatus a melancieira é uma planta hortícola, herbácea, rasteira e trepadeira, cultivada em diversas regiões tropicais e em estufas para a produção de frutos, conhecidos como melancias, que são deliciosos e apreciados por muitas pessoas no mundo todo. Pertencente à família das Cucurbitaceaes, a melancieira pode ser classificada como fruta, ou legume, mas está na categoria das plantas hortículas. Desenvolve-se muito bem em climas como equatorial, mediterrâneo, subtropical e tropical. De origem africana, sua altura fica entre 0.3 a 0.4 metros. Seu ciclo de vida é anula e aprecia sol pleno.

A melancieira possui caules ou ramas rastejantes, angulosos, pubescentes, estriados e apresentam gavinhas ramificadas. Suas flores são solitárias e apresentam corola amarela. Elas podem ser masculinas ou femininas, e ambos os sexos estão presentes na mesma planta por essa razão são denominadas monoicas. Em geral, a polinização é feita com a ajuda de insetos, mas também pode ser realizada de maneira autocompatível, ou por meio de cruzamentos.

O fruto gerado pela melancieira é do tipo pepônio, apresenta casca bem espessa, e seu peso é bem considerável, uma vez que cada fruto pode pesar entre 1 a 25 quilos. As cascas apresentam tonalidades distintas, diferenciando-se de acordo com a variedade da melancieira. Podem apresentar coloração verde a verde-acinzentado, de cor uniforme, com estrias ou manchas.

Além disso, a fruta possui polpa doce, refrescante e de cor vermelha na maioria das vezes, mas pode ser amarela, laranja ou cor-de-rosa em algumas variedades. As sementes são grandes, em forma de gota, e geralmente são marrons, pardas ou brancas. As cultivares de melancia com sementes são diploides – que é denominado como natural da espécie – e as cultivares sem sementes são triploides e resultam do cruzamento entre flores femininas tetraploides com pólen de flores masculinas diploides.

Consome-se em geral a melancia in natura.

Para quem quiser aventura-se no cultivo da melancia, é preciso ter alguns conhecimentos sobre a planta frutífera. Aprecia sol pleno, solo fértil, com terragem bem leve, drenável, enriquecido com matéria orgânica e irrigado a cada dois dias pela tardinha. Multiplica-se facilmente por sementes postas a germinar no início da primavera em regiões subtropicais ou o ano todo em regiões tropicais e equatoriais.

Além disso, há alguns cuidados que estão diretamente relacionados com o plantio, o qual deve ser realizado em local definitivo, plantadas em covas largas e profundas, com pelo menos 30 cm de profundidade. Terra deverá estar adubada.

Compartilhe:

Deixe seu comentário!