Página Inicial > Flores > Conheça Mais Sobre as Belas Hortências

Conheça Mais Sobre as Belas Hortências

As hortênsias são flores pertencentes à família das saxifragaceaes, e são conhecidas popularmente como hortênsias ou hidrângeas ou rosa do Japão. Classificam-se como arbustos, flores perenes e cercas vivas. Desenvolvem –se muito bem em climas subtropicais, temperados, oceânicos e mediterrâneos. São ainda originárias da região da Ásia, com especial predominância na China e no Japão. A altura das hortênsias fica entre 0.9 a 1.2 metros. Gostam de luminosidade a sol pleno.

As hortênsias são muito floríferas e também rústicas. Produzem inflorescências em forma de buquês, em geral compostos de muitas flores, que podem ter a cor azul, lilás, rósea, vermelha e branca, sempre de acordo com a variedade e o pH do substrato. Em solos mais ácidos costumam produzir flores mais azuis, enquanto que em solos mais alcalinos resultam em flores mais róseas.

As flores hortências recebem este nome graças à dama francesa, Hortense Lepante, mulher de um amigo do naturalista Philibert Commerson, o introdutor da planta no continente europeu. A floração da hortência no Brasil se dá sempre na primavera e no verão, sendo que as floras da planta sempre caem no outono. Elas nascem sempre em formas de buquês muito arredondados, proporcionando uma visão de agradável, em especial para os amantes da planta. Para quem deseja compôs um belo jardim, elas garantirão vida e uma paisagem enriquecedora ao ambiente.
Suas folhas são de coloração verde-clara, coriáceas e com bordas denteadas. A hortênsia presta-se para o plantio em bordaduras, maciços, renques, cercas-viva e isolada em vasos. Também são flores caras. Embora sejam bem presentes no Brasil, uma muda quando comprada não sai por menos de R$ 50,00.

Trata-se de uma espécie que para ser cultivada requer alguns cuidados, mesmo que não sejam tão rigorosos quanto os que outras exigem. Podem ser tanto plantadas em vasos quanto em solo direto. Neste último caso, o solo deverá ser rico em adubação orgânica, e se o solo for ácido, as flores nascerão muito mais coloridas do que se plantadas em outro tipo de solo. Ela também deve ser regada com muita frequência, principalmente na época em que está florescendo, elas gostam muito de umidade e, caso isto não seja feito, não terão o florescimento desejado segundo a espécie.

Outro cuidado é quanto à poda. Esta deverá ser anual, no final do inverno para um intenso florescimento na primavera e verão. Aprecia o frio, sendo indicada para regiões de altitude e de clima mais ameno. Multiplica-se por estacas.

Compartilhe:

Deixe seu comentário!