Página Inicial > Mulher > Joias > COMO SABER SE UM CRISTAL É MESMO SWAROVSKI?

COMO SABER SE UM CRISTAL É MESMO SWAROVSKI?

Descobertos por Daniel Swarovski, um jovem cientista e visionário nascido na região da Boêmia, onde trabalhava cortando vidros e cristais manualmente, inventou uma máquina de corte que era capaz de cortar e lapidar cristais e pedras preciosas, com uma perfeição inigualável ao que era feito até então. Mesmo com trabalhos manuais de requinte e repletos de técnicas específicas para a lapidação de tais pedras, era quase improvável alcançar o efeito que a máquina de Daniel foi capaz de produzir. O processo de corte e lapidação de cristais, ao mesmo naquela região,  então passou a ser realizado industrialmente.

Três anos mais tarde, Daniel mudou-se com a família para a região de  Wattens, localizada no coração dos Alpes Tiroleses, na Áustria. Lá, fundou a  A. Kosmann, Daniel Swarovski & Co., com o apoio financeiro de um cunhado. A partir de então, fundaram a fábrica de corte de cristais, que não se fixou apenas na produção de corte, mas também na geração de energia hidroelétrica, aproveitando as correntezas dos rios alpinos. Como a região era uma rota estratégica de comércio de cristais, a fábrica prosperou em todos os setores em que Daniel investiu.

Os cristais Swarovisk são objetos de desejo de muitas pessoas ao redor do mundo hoje. A empresa, ao longo de seus mais de 150 anos de existência, já produziu desde peças que imitavam miniaturas de bichinhos, até o que hoje é o mais convencional – as joias com cristais Swarovisk.

E se são peças de alto nível, custam caro. Elas possuem garantia contra defeito de fábrica e exigem cuidados especiais no uso diário. Contudo, assim como o que acontece com diversas outras marcas, pode ser pirateada. E, é importante saber reconhecer um produto falso de um verdadeiro, para garantir que o investimento empregado não seja mero desperdício.

O primeiro passo para reconhecer um verdadeiro cristal Swarovisk é olhar bem dentro dele. Caso possua uma bolha, trata-se de uma falsificação. Todos s peças Swarovisk vêm embaladas em caixas com a logomarca, e a escrita deverá estar correta. Mesmo assim, há ainda falsificadores que tentam driblar o consumidor e revender joias não verdadeiras. Verifique ainda se há algum tipo de arranhão, ou marca nos cristais que compõem as peças, estas marcas são indícios de que o tipo de corte e lapidação não são originais. Oleosidade sobre a peça também não poderá existir.

Além disso, os cortes dos cristais são sempre idênticos. Caso haja qualquer irregularidade, leve o objeto à loja para fazer a certificação. A compra também deverá ser efetuada sempre em uma loja autorizada.

Compartilhe:

Deixe seu comentário!