Página Inicial > Higiene > Como Evitar o Mau Hálito?

Como Evitar o Mau Hálito?

Muitas pessoas já passaram pela situação de notar que o indivíduo com quem estão conversando possui mau hálito. Depois de percebermos isso, é difícil manter a concentração na conversa e acabamos encerrando o assunto. Outras alternativas são oferecer uma bala ou contar à pessoa que seu hálito não está muito fresco, o que pode causar constrangimento das duas partes.

Em vista deste problema, surgem algumas questões. Afinal, qual é a causa e como podemos fazer para evitar o mau hálito?

Causa do mau hálito

De acordo com especialistas, ao menos 40% da população do país possui halitose crônica e 100% das pessoas tem halitose esporádica.

As causas são inúmeras e entre elas estão a higiene bucal de forma incorreta, o estresse, a mudança de hábitos de alimentação e a ingestão incorreta de água.

Porém, ao contrário do que muitos imaginam, o mau hálito não tem ligação com problemas estomacais, já que as três válvulas presentes na região do esfíncter gástrico não permitem que o retorno de gases estomacais e alimentos atinjam a boca.

Por outro lado, uma das maiores causas da halitose é a chamada saburra lingual, que nada mais é do que uma massa branca que se forma através de células mortas, bactérias e restos de alimentos que ficam acumulados na língua. A partir dessa massa acontece a eliminação de um gás à base de enxofre, gerador do mau hálito.

Como acabar com a halitose

Se a causa de sua halitose estiver relacionada à falta de higiene oral ou problemas dentais como periodontite e gengivite, a solução é consultar um dentista para que ele ajude você a resolver o problema.

No entanto, o melhor é sempre prevenir o mau hálito com soluções simples, como tomar muita água e realizar exercícios físicos que combatam o estresse.

Ao ingerir pouca água, suas glândulas salivares não produzem saliva de forma adequada, o que pode causar a doença chamada hipossalivação ou xerostomia, quando a saliva fica com aspecto viscoso e acaba permitindo um acúmulo maior de saburra lingual.

No caso do estresse, ele libera os hormônios do tipo cortisol e adrenalina, responsáveis por inibir o funcionamento de nossas glândulas salivares, que também aumenta a suburra lingual.

Para isso, a prática dos exercícios é infalível, pois abaixa nosso nível de estresse. As atividades mais indicadas para quem possui halitose são ioga, pilates e natação três vezes por semana.

Dicas gerais para evitar o mau hálito

Primeiramente, você deve manter uma boa higiene bucal todos os dias, incluindo o uso de fio dental. É recomendado ainda higienizar a parte do dorso da língua com ajuda da escova ou de raspadores de língua.

Evitar a ingestão de álcool, fumo e de alimentos condimentados com frequência também nos protege contra o mau hálito, além da prática de realizar refeições várias vezes ao dia e evitar períodos longos de jejum.

Por fim, vá regularmente ao dentista, para que o profissional faça um acompanhamento de sua saúde bucal.

Compartilhe:

Deixe seu comentário!