Página Inicial > Crianças > Como Escolher um Shampoo Para o Seu Filho?

Como Escolher um Shampoo Para o Seu Filho?

Se você é daqueles pais que estão sempre preocupados com a segurança do seu bebê ou do seu filho nos primeiros anos de vida sabe que nem sempre é fácil conseguir escolher um produto que ofereça completa segurança para os pequenos. Muitas vezes não basta escolher apenas o produto que traz a palavra “infantil” no rótulo, já que nem sempre estes produtos realmente são realmente seguros para os pequenos.

No caso de produtos de higiene, como os shampoos, existe uma grande variedade de marcas disponíveis no mercado e que são específicas para as crianças. Estes produtos precisam passar pelos mais variados tipos de testes, atestando a sua segurança para bebês e crianças nos seus primeiros anos de vida.

Mesmo assim, é muito comum a reclamação de pais afirmando que determinados produtos que deveriam ser indicados para os bebês ou para as crianças pequenas causaram as mais diversas alergias em seus filhos.

De olho na fórmula

Mas existem algumas recomendações extras que podem ser seguidas pelos pais para diminuir a chance que um determinado produto cause alergia nas crianças. Os pais podem sempre ficar de olho nas fórmulas dos shampoos para entender do que eles são feitos, ou principalmente conseguir identificar quais são os elementos que ali estão e que podem realmente acabar causando a alergia.

Os produtos que possuem perfume, por exemplo, são os que mais causam alergia nas crianças. Mesmo aqueles produtos que apresentam um aroma suave e agradável (o famoso cheirinho de bebê) podem acabar causando alergia nas crianças. Por isso é melhor escolher sempre os chamados produtos que sejam hipoalergênicos. Geralmente eles são vendidos na farmácia e não possuem nenhum perfume. Estes produtos também possuem menos conservantes na sua fórmula, o que reduz o risco de problemas.

Outra dica interessante é sempre pesquisar se a marca possui registro no Ministério da Saúde. Geralmente esta informação consta na embalagem, sendo que também é possível fazer uma pesquisa no site para ver se realmente aquele produto é feito para as crianças e se eles fazem os testes completos para saber se os produtos não fazem mal para as crianças.

Compartilhe:

Deixe seu comentário!