Página Inicial > Pets > Gatos > Como Escolher Ração Para Gatos?

Como Escolher Ração Para Gatos?

Os gatos são animais felinos, mamíferos e, portanto, carnívoros. Quando em contato com os humanos e domesticados, passam a fazer o uso de determinados alimentos que, são tidos como os melhores e mais indicados por essa ou aquela razão. Contudo, há muitas linhas controversas que demonstram que nem sempre a ração indicada pelo veterinário ou pela maioria das pessoas é a melhor e mais adequada. O ideal, portanto, é verificar como  animal que vive em sua companhia se comporta em relação à alimentação oferecida a ele. Embora eles sejam adestrados, é possível perceber o que eles gostam mais, o que melhor os sacia e os deixa mais saudáveis e nutridos.

Há alguns tipos de ração que são fabricadas especialmente para gatos no mercado, uma delas é a ração conhecida como seca. Muitos donos de pets alimentam seus animais exclusivamente com este tipo de alimento. Em geral, os gatos se adaptam muito rapidamente à ração seca, e os animais acabam não aceitando outro tipo de alimento, como as rações úmidas, ou ainda, os diversos tipos de carnes. As rações secas atendem às diversas necessidades alimentícias diárias que os gatinhos, filhotes ou não, têm.

Mas nesse caso, é importante salientar sobre a necessidade de aumentar a ingestão de líquidos do animal. As rações secas contêm cerca de 10% de água em sua formulação, o que obriga oferecer mais água aos gatos.

Outro tipo de ração é a úmida. Há muita desinformação sobre este tipo de ração para gatos, muitos creem que não seja a melhor entre as opções por conter muita água em sua composição, cerca de 84%, além de fornecer menos calorias, o que evita a obesidade dos gatos.

As rações úmidas são aquelas encontradas na forma enlatada. Os gatos domésticos, como descendem dos felinos selvagens já ingerem pouca quantidade de água de forma natural. Escolher este tipo de ração, mesmo que não seja para ser consumida diariamente, é um modo de evitar que o animal possa apresentar problemas urinários futuros. Elas também não apresentam conservadores em sua composição, o que as torna menos duráveis do que as secas. Devem ser mantidas em geladeira, caso o animal não faça uso de toda a ração que há no pote. As rações úmidas costumam ser bem mais caras e, uma opção é tentar mesclar as duas rações durante a semana, intercalá-las ou mesmo misturá-las no pote, caso o animal se adapte a esta prática.

Compartilhe:

Deixe seu comentário!