Página Inicial > Pet > Como Cuidar de Kinguios

Como Cuidar de Kinguios

Os kinguios são peixes ornamentais muito tranquilos e que possuem uma grande resistência, por isso são considerados peixes muito assertivos para aquaristas iniciantes. São ainda peixes conhecidos em todo o mundo, por terem uma ligação direta com carpas – são as miniaturas delas. Dessa maneira, são também peixes que vivem em águas frias, entre temperaturas que não ultrapassem a casas dos 24°C a 28°C.  Os kinguios também são peixes que não são exigentes, mas que demandam alguns cuidados em relação ao sistema de filtragem da água do aquário onde vivem.

A filtragem de um aquário que contenha kinguios combine os dois sistemas, tanto o de filtragem biológica, quanto o de filtragem mecânica.  Isto porque à medida que eles crescem, fazem mais sujeira ainda e a água pode ser afetada pela presença de amônia tóxica. Também é importante optar por um cascalho de maior granulometria, para evitar que os peixes revirem com facilidade o fundo do aquário, deixando a água turva. E eles fazem isto sempre. Por serem peixes de água fria, não há necessidade de aquecimento da água do aquário no inverno. Mas é importante ficar atento para que a temperatura da água não caia a níveis não toleráveis.

Outro cuidado que se deve ter com os kinguios é quanto à alimentação deles. Eles comem tudo o que veem pela frente, até mesmo os restos dos próprios detritos. Não se deve, portanto, oferecer muita comida a estes peixinhos lindinhos, gordinhos e desajeitados, um erro muito comum entre iniciantes. Embora alguns vendedores muito despreparados digam que ele pode comer algumas migalhas, não acredite, já que é puro mito. Os kinguios são como todos os outros animais, precisam se alimentar com comida bem específica.

As Tpas (trocas parciais de água) de aquários de kinguios precisam ser feitas semanalmente e em maior volume que aquários que contenham outros peixes. Os kinguios fazem muita sujeira, o que pode comprometer a qualidade da água. O ideal é que as Tpas sejam semanais e com trocas entre 30 a 50% da água.

A qualidade da água do aquário do kinguio também deve ser monitorada semanalmente, fazer os procedimentos de medida de amônia e Ph antes da troca é o mais correto. Os kinguios vivem bem em águas que tenham o ph entre 7,0 a 7,4, portanto, águas alcalinizadas. Nunca coloque muitos kinguios em um único aquário: eles crescem com o tempo e precisam de espaço para viver. A expectativa de vida deles é de até 20 anos. Há registros de exemplares que viveram mais de 30. Basta cuidar.

Compartilhe:

Deixe seu comentário!