Página Inicial > Pet > Como Cuidar Adequadamente de Seus Peixes

Como Cuidar Adequadamente de Seus Peixes

Existem muitos peixes que podem ser colocados em um aquário. Mas, antes de fazer a montagem de um, é importante que se conheçam as características da espécie ou espécies que irão viver no ambiente. Cada tipo de peixe, bem como cada tipo de aquário, exige um cuidado e atenções específicas. O primeiro passo, portanto, é decidir que tipo de peixe será colocado no aquário. Se os peixes serão de água tropical ou de água fria. Entre os mais tradicionais de água fria estão os peixinhos – dourados, que são fáceis de serem tratados, além de serem bem populares.  Já entre os tropicais, o peixe-gato e o anjo são algumas possibilidades.

Peixes de água fria costumam os mais baratos e também os que apresentam melhor sobrevida em casos de erros com o aquário. Eles também são bonitos e podem deixar o aquário com aspecto bem interessante. Costumam ficar bastante confortáveis em cativeiros e ainda se reproduzem com facilidade. Mas somente pense em trabalhar com a reprodução de peixes, depois que estiver bem experiente e familiarizado com o trato desse tipo de animal. A questão dos aquaristas  novos é sempre mais delicada – há que ter paciência e algumas observações iniciais, como a saúde da própria água, que se não for equilibrada, pode acabar levando os peixes à morte.

Evite iniciar um aquário com peixes de água salgada, deixe este tipo para quando já tiver muita familiaridade com aquarismo. Peixes de água salgada demandam muito mais trabalho, que os de água doce e fria.

Pesquise sobre as espécies de peixes e veja qual é a real possibilidade de coloca-los juntos. Peixes comunitários vivem bem entre si. Mas algumas espécies somente podem ser colocadas com outros membros de uma mesma família. Fique atento quanto a isto. Não crie peixes sozinhos, o ideal é que haja dois ou três exemplares de cada um no aquário. Verifique se estes peixes se alimentam do mesmo tipo de ração, kinguios precisam de um tipo de alimento, platys outro. Há ainda a questão de que alguns peixes precisam de cuidados diferenciados, então nos os misture em um mesmo reservatório.

Comece por um tanque pequeno e com peixes pequenos que se alimentem de uma mesma ração, para não haver a necessidade de trocas de água tão constantes.

Outro cuidado que é muito importante é no que se refere ao tamanho do tanque. Cada peixe precisa de uma quantidade mínima para si de água. Peixes dourados, por exemplo, precisam de tanques com 20 L; cada peixe adicional, mais 10L. e assim, por diante.

Compartilhe:

Deixe seu comentário!