Página Inicial > Carnaval > Carnaval de Alagoas: O que Fazer no Carnaval de Sergipe?

Carnaval de Alagoas: O que Fazer no Carnaval de Sergipe?

Aracaju é um dos municípios de Sergipe, Estado do nordeste brasileiro. Assim como os demais polos de turismo do nordeste, Aracaju atrai milhares de pessoas para o seu carnaval de rua, que é caracterizado por uma inúmera mistura de cores e culturas que se mesclam as tantas línguas que são encontradas durante o período na cidade.

Para quem gosta de foliar na rua, a marca registrada de Aracaju é o bloco carnavalesco conhecido como Rasgadinho. Surgido em 1962, pelas mãos de Leopoldo dos Santos e Amauri,  ambos moradores do bairro Suissa, o bloco teve suas atividades interrompidas na década de 1980, após ter marcado várias gerações que seguiam o bloco pelos bairros Cirurgia, Suíssa, Getúlio Vargas até o centro de Aracaju. As atividades foram retomadas em 2012, com o intuito de resgatar as tradições dos festejos de rua – os estandartes, os bonecos gigantes, as máscaras e homens fantasiados de mulher – o melhor para a animação marcante do período.

O percurso do tão tradicional bloco aumentou, ganhou novos adeptos e hoje são mais de 50 carros de som que fazem os cortejos pelas ruas sergipanas mais de 100 mil foliões, o que promoveu o surgimento de novos blocos como os do Galo do Augusto Franco, o Carro Quebrado, o Bloco dos Artistas. E há muito empenho não somente dos antigos criadores e atuais administradores do bloco do Rasgadinho para  a manutenção e melhorias do carnaval de rua de Aracaju – a prefeitura tem investido a cada ano, já que a maior receita da cidade vem do turismo promovido por eventos e festividades, em especial esta que ocorre uma semana do ano.

A folia do bloco do Rasgadinho tem início com uma tradicional feijoada que é servida no Clube do Rasgadinho, que fica situado à rua de Riachão, na qual já se anuncia as principais atrações de todos os dias de comemoração da folia.

O evento também conta com um setor especial para crianças – dessa forma não somente solteiros e sem filhos poderão participar e brincar de toda a festa. Vale a pena visitar o site do bloco ou até mesmo o da prefeitura, lá eles costumam disponibilizar com antecedência todo o roteiro do bloco e a programação completa do carnaval da cidade.

Compartilhe:

Deixe seu comentário!