Página Inicial > Pets > Cachorros > As Diferentes Características do Lhasa Apso

As Diferentes Características do Lhasa Apso

Originário de uma pequena região do Tibet, os cães da raça lhasa apso foram criados para ser “ovelha de sentinela”.  Sua origem provavelmente tenha ocorrido por volta de 1500, quando o primeiro cruzamento desta raça aconteceu.

Da família dos cães não esportistas, pertencentes ao grupo 9, portanto, declaradamente um cão de companhia, chegam a medir até 29 centímetros, isto se considerados os exemplares machos. Podem atingir o peso de até 9 quilos, mas em casos bem extremos. Ocupa a 68ª posição no ranking de inteligência, e as ninhadas costumam dar entre 2 a 5 filhotes. A coloração da pelagem varia entre o branco e o caramelo, tendo ainda alguns exemplares nos tons mesclados de branco com cinza.

Ao contrário do que aparenta os lhasa apso são muito valentes e corajosos. Eles nem se lembram de que são cães de pequeno porte, pois se houver a sensação de qualquer perigo iminente, eles já ficam em alerta, como se fossem cães de guarda.

Estes cães ainda adoram brincadeiras ao ar livre, bem como as caças, mas não gostam de forma alguma, que invadam o seu território, ficam realmente irritadiços, chegando a se tornarem chatos. São extremamente companheiros, e ainda por cima são cães desconfiadíssimos em relação às pessoas estranhas.  O porte deles possibilita que seja criados em ambientes pequenos, embora eles necessitem de passeios diários e constantes. Não está tecnicamente preparado para viver em áreas livres e abertas.

O temperamento também pode contraria muito a aparência deles, que é de um cão que mais se parece com um pequeno ursinho de colo. São teimosos, independentes e o adestramento nem sempre é fácil de acontecer. Eles precisam definir muito bem a quem vão obedecer. Os machos marcam mesmo o território e costumam avançar em pessoas que se aproximam de seus donos, mesmo que não se sintam ameaçados. O território é deles.

Estes cães também requerem alguns cuidados especiais. Como sofreram alguns cruzamentos entre famílias, há certas fragilidades neles – como costuma acontecer de forma mais geral com os cães que sofreram muitos cruzamentos entre irmãos, pais, etc. – os olhos são frágeis e ficam muito expostos, além de estarem próximos aos pelos, que causa uma lagrimação e acúmulo de secreção. A região precisa ser limpa com frequência, já que pode causar infecções nos olhos deles. Outro cuidado é com relação ao pelo que deve ser escovado a cada dois ou três dias, para não embolar e retirada dos pelos que caem.

Compartilhe:

Deixe seu comentário!