Página Inicial > Entretenimento > Cantores de MPB: Chico Buarque

Cantores de MPB: Chico Buarque

Chico Buarque frequentemente aparece nas listas dos músicos de mais sucesso da MPB, sempre disputando as primeiras colocações. Alguns defendem que realmente Chico é o maior músico que o Brasil já teve, enquanto que outros defendem Tom Jobim ou Vinicius de Moraes. O fato é que Chico Buarque é quase uma unanimidade, mesmo que nos últimos anos prefira manter a sua vida mais afastada do público e da mídia.

Francisco Buarque de Hollanda é o nome de batismo deste grande músico brasileiro, nascido na cidade do Rio de Janeiro no ano de 1944. Além de músico, Chico Buarque também acabou consagrado em outras artes, principalmente como dramaturgo e como escritor. Também é um dos músicos que mais lançou álbuns durante toda a sua carreira, contando com oitenta discos se contar os solos e também os que foram lançado em parceria com outros músicos.

Apesar de ter conseguido entrar para a história da arte brasileira com a sua música, na verdade não foram as composições a sua primeira manifestação artística. Chico Buarque escreveu o seu primeiro conto aos 18 anos de idade e acabou, durante toda a sua carreira musical, também seguindo com a sua carreira de escritor.

Chico Buarque Acabou ficando conhecido nacionalmente e adorado principalmente pelas mulheres, já que quando começou a aparecer na televisão era considerado também como um dos homens mais bonitos do País. Ganhou projeção nacional e internacional ao vencer o Festival de Música Popular Brasileira logo depois do lançamento do seu primeiro disco. A música responsável pela vitória foi a Banda, considerada até hoje como um dos maiores clássicos da MPB.

Mas Chico Buarque também acabou ficando muito conhecido pelas suas posições convictas sobre política. O músico era um socialista declarado, e acabou se autoexilando a partir do ano de 1969 por causa da crescente repressão do regime militar brasileiro. Retornou ao país no ano de 1970 e acabou ficando conhecido como um dos artistas mais ativos na política e um defensor ferrenho da democratização.

Compartilhe:

Deixe seu comentário!