Página Inicial > Educação > Atividades Infantis > Brincadeiras Infantis Antigas

Brincadeiras Infantis Antigas

Atividades E Brincadeiras Infantis: Brincadeiras Do Tempo Da Vovó Estão Na Moda?

A modernidade propiciou ao homem uma diversidade de soluções e possibilidades que a vida sem a tecnologia não seria capaz de dar conta. Quem já se imaginou nos tempos de hoje, viver sem o telefone, sem os meios de transportes motorizados, sem as televisões sem a internet, e tantos outros recursos que chegaram até nós.

 

amerelinha

 

Entretanto, há sempre o bônus e o ônus. Devido a grande centralização de pessoas nos centros urbanos, o homem também perdeu espaço e contato com tantas outras possibilidades e recursos que os arranha-céus, as avenidas, as periferias tornaram não mais possíveis.

 

brincadeira antiga

 

As crianças, por exemplo, acabaram sendo, talvez não prejudicadas, mas tiveram que mudar, sem nem saberem que estavam mudando, suas atividades tão características da infância. A falta de espaço gerou uma profusão de condomínios, que muitas vezes não permitem a realização de brincadeiras que antes, para quem vivia com menos tecnologia, podiam ter.

 

brincadeira antiga de roda

 

Um exemplo são as brincadeiras do tempo da vovó: pular corda, jogar amarelinha, empinar pipa, brincar de carrinho de rolimã pelas ruas. Privadas de espaço, elas jogam apenas com os eletrônicos.

 

brincadeira antiga empinar pipa

 

Mas é muito importante resgatar as famosas brincadeiras do tempo da vovó, aquelas que muitos de nós brincávamos pelas ruas até quando não podíamos mais! Brincadeiras são atividades físicas e em fase de crescimento elas são essenciais. As escolas, bem como a comunidade precisam resgatar as antigas brincadeiras que além de estimularem fisicamente possibilitam o contato efetivo com outras crianças.

 

brincadeira antiga piao

 

Nada melhor para isto do que reunir a criançada na quadra do condomínio para jogar queimada. Elas aprendem melhor as regras de convivência, sem contar que brincadeiras em grupo estimulam a busca e equilíbrio dos trabalhos em grupos que serão realizados futuramente na vida adulta. Elas também despertam habilidades como liderança, competitividade ao passo que ensinam que nem sempre ganhamos o jogo.

 

brincadeira antiga queimada

 

As brincadeiras da época da vovó ainda conseguem resgatar memórias e estimular a troca de experiências entre os mais jovens e os mais velhos. Poder ensinar como são as brincadeiras tradicionais e antigas permitirá que as crianças mais antenadas nas tecnologias também estimulem o mais velhos a se sentirem seguros para aprender o que há de bom no novo mundo. As trocas são sempre ricas e fazem parte do desenvolvimento humano, em toda a história.

 

Compartilhe: