Página Inicial > Entretenimento > Big Bang Theory: Amy Farrah Fowler

Big Bang Theory: Amy Farrah Fowler

Pouca gente sabe da semelhança entre Amy Farrah Fowler, personagem da série Big Bang Theory e a atriz Mayim Hoya Bialik. Ao ver Amy falando sobre neurobiologia em um dos episódios, ninguém desconfia que a atriz é Ph.D mesmo. Sim, em neurociência pela Universidade da Califórnia e tem, inclusive, livros publicados sobre educação infantil.

Como ela passou da trajetória profissional comum a Amy? Ela nunca havia assistido ao sitcom quando recebeu uma ligação para uma audição. Para sua surpresa e de todos, conseguiu o papel e entrou no final da terceira temporada. A namorada de Sheldon Cooper, que só existia virtualmente, apareceu como uma garota ‘nerd’ com uma vida social insignificante e uma adolescência tardia. Tem doutorado em neurobiologia, com foco de investigação sobre o vício em primatas e invertebrados, mencionando ocasionalmente tais experiências como a obtenção de um macaco-prego viciado em cigarros. A interpretação já lhe rendeu uma indicação ao Emmy de melhor atriz coadjuvante em 2012.

Mayim havia feito seu primeiro trabalho na TV, interpretando a protagonista Blossom Russo, no seriado Blossom (1991-1995). Bem humorada, a garota de 15 anos vivia com o pai divorciado e os dois irmãos. Com 114 capítulos, a série americana foi uma das primeiras a retratar as novas estruturas familiares que surgiram, principalmente, no final da década de 1980.

Com o término do seriado, Mayim afastou-se da televisão e investiu na carreira acadêmica. Graduou-se em biologia marinha e completou doutorado em neurociência. Neste período, conheceu o ex-marido, Michael Stone, em uma aula de cálculo. O casal teve dois filhos, mas divorciou-se em 2012.

Aos 36 anos, nascida em San Diego (EUA), em 1975, Mayim é de família judia, descendente de poloneses, checos e húngaros e seu nome significa “água”, em hebraico. A atriz se define como uma judia moderna e aspirante, que conduz sua vida de acordo com os preceitos da religião.

Mayim tornou-se porta-voz do movimento Criação com Apego (Attachment Parenting). O método, do pediatra William Sears, tem como base três pilares: amamentação prolongada, dormir junto com as crianças e carregá-los sempre o mais próximo possível do corpo. A atriz nunca deixa os filhos muito tempo com babás, mesmo quando as gravações de The Big Bang Theory se intensificam.

Com o companheiro de elenco, Jim Parsons (Sheldon), a atriz divide muito dos seus hábitos, entre eles a alimentação vegana (sem produtos de origem animal). A atriz pretende, ainda, publicar um livro de receitas vegana.

Compartilhe:

Deixe seu comentário!