Página Inicial > Educação > Atividades Infantis > Aula Infantil Criativa: Como Fazer um Terrário

Aula Infantil Criativa: Como Fazer um Terrário

Montando um terrário para conhecer a natureza.

Trabalhar com crianças pequenas dá uma liberdade de criação muito grande em especial quando determinadas disciplinas e conteúdos devem ser trabalhados. Elas, por ainda estarem descobrindo o mundo e não terem adquirido as resistências do mundo adulto, são sempre abertas às novas experiências e desafios. Por isso, qualquer atividade interessante (e bem elaborada) que seja proposta a eles, certamente vão topar na hora.

E como hoje é tão importante discutir sobre sustentabilidade e preservação da natureza, mas sem cair no lugar comum cheio de modismos, é importante formar uma geração de crianças que realmente saibam da necessidade de sermos mais ecológicos e corretos no que concerne ao cuidado com o mundo em que vivemos. Sendo assim, aulas que tenham atividades teóricas e práticas são as ideais para serem aplicadas nas faixas entre 4 a 8 anos de idade, mas sempre lembrando que as abordagens precisam se adequar à turma.

Uma boa pedida em especial para as aulas de ciências é promover a construção de um terrário junto à turma. Trata-se de uma atividade que durará certa de um bimestre e, portanto, deverá ser dividida em etapas. De preferência seria importante contar com outros professores, como os de linguagem (em casos de aulas que não sejam ministradas por professores polivalentes), para que as crianças aprendam também a registrar os acontecimentos passo a passo.

A primeira etapa é discutir com a garotada sobre a importância efetiva da natureza. O trabalho costuma ser mais fácil em regiões onde as crianças estão imersas no verde, em contato com os animais, os que hoje, nos centros urbanos é bem raro. Aproveite sempre as dúvidas e questionamentos dos pequenos, para que posteriormente isto possa ser retomado. Em seguida, o ideal é que seja encontrado um local na própria escola onde haja terra para que os alunos possam prepará-las para a plantação das sementes. Se a turma for pequena, o ideal é que cada criança faça a plantação de sua própria plantinha.

Também é recomendável que alguns insetos sejam recolhidos e levados ao terrário, como formigas, aranhas, lagartas. Abre-se, desse modo a oportunidade de discutir com eles sobre a função de todos os animais na cadeia do ecossistema.  Eles também devem aprender a regar as plantinhas e também a aceitar quando a muda não cresce tão vistosa quanto se esperaria.

Fotografe semana a semana, passo a passo, a evolução da construção do terrário, bem como registre o desenvolvimento de sua turma. Ao Inal, quando as sementes já tiverem se tornado mudas, retome a discussão inicial sobre a importância da natureza, mas agora aborde com mais profundidade certos tópicos, como a degradação do meio ambiente pelo homem. Ouça-os e os parabenize pelo belo trabalho em equipe.

Compartilhe:

Deixe seu comentário!