Página Inicial > Educação > Atividades Infantis > Atividade Pedagógica Infantil: Abolição dos Escravos

Atividade Pedagógica Infantil: Abolição dos Escravos

O objetivo principal desta atividade pedagógica visa identificar a importância dos direitos das pessoas, de maneira que o ensinamento esteja voltado ao processo do desenvolvimento de aprendizagem de alunos. A ênfase nesta reflexão e construção busca trazer a qualidade no desenvolvimento, na aprendizagem e também na intervenção; analisando a aprendizagem como um procedimento articulado entre o aprendiz, a história envolvida e as suas possibilidades considerando os aspectos cognitivos, além de afetivo e também social.

A carga de responsabilidade dos educadores na formação das crianças, no processo de ensino e na aprendizagem, atualmente, representa muito mais do que ensinar a escrever ou somar. Atualmente o papel das escolas e do educador vai muito além de ensinar disciplinas, mas abrange a parte social, também. Destacando para o aprofundamento de um assunto, de uma reflexão, trazendo novas proposta e debates pra dentro da sala de aula, que envolvem questões de cidadania, noções de respeito e educação.

Como base para uma atividade pedagógica que envolve o comportamento, o tema é sobre ninguém ter o direito de escravizar nenhuma pessoa, seja adulto, idoso ou criança. Seja um animal.

Nos dias de hoje parece algo não real, a existência de qualquer tipo de escravatura. Mas se considerarmos que escravizar é qualquer tipo de exploração do homem pelo homem, podemos observar que o problema ainda está presente no mundo, talvez não num formato extremo ou primitivo, mas de outras maneiras em outros tempos. Sempre que um ser humano sofrer repressões à sua dignidade e à sua liberdade, pode-se considerar um tipo de escravidão. Essa exploração pode estar disfarçada ou encoberta de várias formas, como por exemplo, a exploração do trabalho infantil, privando os menores do direito que toda a criança e ser humano têm à educação. Ainda há a prática de medidas discriminatórias com base na raça, na crença, na classe social, na cor ou no sexo. Imposições de trabalho contra a vontade, sob ameaça, chantagem ou violência, etc.

Portanto, esta atividade pedagógica pede que os alunos façam pesquisas na internet, em jornais e revistas, sobre a exploração do trabalho infanto-juvenil. E a partir deste material, trabalhar em sala de aula, propondo um debate que envolva os temas de escravidão, liberdade, expressão, trabalho, escola, dignidade, respeito, direitos, deveres, etc.

Compartilhe:

Deixe seu comentário!