Página Inicial > Educação > Aprenda mais sobre Combustíveis

Aprenda mais sobre Combustíveis

Combustível é uma substância que reage com o oxigênio, produzindo calor, gases ou até chamas.

A energia produzida durante esses processos que caracterizam o combustível é considerada fundamental para as necessidades humanas, sendo de total importância para a produção industrial, já que grande parte do seu funcionamento é através de máquinas que funcionam a partir da energia do combustível.

 

bomba gasolina

 

Inúmeras substâncias podem ser usadas na fabricação de combustível. As de origens fósseis, contam com o petróleo, o carvão e o gás natural, por exemplo.

Conforme os dados da Agência Internacional de Energia, cerca de 87% de todo o combustível que é consumido em todo o mundo tem origem fóssil, não renovável.

Essas substâncias de compostos de carbono são atribuídas a um demorado e longo processo de decomposição de matéria orgânica para produções de combustíveis, como a gasolina e o diesel, além de lubrificantes, energia elétrica e outros.

 

combustivel

 

Apesar das vantagens, os combustíveis fósseis são poluentes e contribuem para o aquecimento global, chuvas ácidas, gases que poluem a atmosfera, além de contaminarem os recursos hídricos. Mas, além disso, um dia esse tipo de combustíveis irá se esgotar. Por estas e outras, há a necessidade de encontrar opções que possam substituir os combustíveis de origem fóssil.

E foram essas necessidades que impulsionaram as pesquisas de alternativas biocombustíveis.

O biocombustível é uma opção menos agressiva ao meio ambiente, já que a emissão de gases poluentes é quase nula.

Com fontes renováveis de produtos vegetais e animais, suas principais matérias-primas para a produção são a cana-de-açúcar, beterraba, sorgo, dendê, semente de girassol, mamona, milho, mandioca, soja, aguapé, copaíba, lenha, resíduos florestais, excrementos de animais, resíduos agrícolas, entre outras.

A utilização do biocombustível traz inúmeras vantagens, como a emissão mínima de gases poluentes e a contribuição para o aumento de emprego e renda na área rural.

Porém, como tudo, há o lado negativo: existem opositores ao uso do biocombustível em larga escala, já que o mesmo proporciona a perda de nutrientes do solo, a erosão e os desmatamentos para a plantação de cana, o que também acaba gerando o aumento de CO2.

Por isso, a intensificação das plantações de cana-de-açúcar é apontada como o principal ponto negativo.

Levando tudo isso em consideração, o biocombustível ainda merece uma análise prudente e mais detalhada, onde sejam abordados com mais clareza seus pontos positivos e negativos.

 

 

Compartilhe: