Página Inicial > Bem-Estar > Yoga > Alguns Exercícios de Yoga Que Podem Ser Feitos em Casa

Alguns Exercícios de Yoga Que Podem Ser Feitos em Casa

O yoga é uma filosofia com práticas destinadas ao autoconhecimento. Elas ajudam ao homem a ter uma nova percepção de si mesmo e do mundo que o cerca, isto sempre alinhando corpo, mente e emoções. Trata-se de uma prática que possui mais de 5.000 anos de existência e que apresenta algumas modalidades dentro da mesma.

No ocidente, uma das mais conhecidas é o hatha yoga – um braço da yoga tradicional ligado às posturas psicofísicas. A prática constante dessa modalidade, garante ao praticante maior flexibilidade, longevidade, uma vez que o foco dos exercícios é a postura e flexibilidade da coluna vertebral.

Nessa mesma modalidade, os exercícios respiratórios também são muito importantes, já que serão eles que vão garantir um maior equilíbrio do corpo e da mente. Há vários exercícios ligados ao hatha yoga que podem ser classificados como melhor do que uma farmácia inteira, segundo alguns professores e instrutores da modalidade. Além disso, estes exercícios são ótimos para o preparo da mente para a meditação, que é outro ramo da yoga.

Já uma sequência simples da modalidade Sattva Yoga, repetida todos os dias, poderá trazer benefícios aos praticantes a curtíssimo prazo. Os exercícios irão ainda garantir um melhor funcionamento do aparelho digestivo – ideal para as mulheres que sofrem demasiadamente com questões relacionadas ao mau funcionamento intestinal, por exemplo.

Sentada sobre os calcanhares, de modo confortável, feche os dedos das mãos com os polegares dentro, formando um punho, acomode as mãos entre as costelas flutuantes e as cristas ilíacas, na sequência, deite o tronco sobre as pernas, com a cabeça em direção ao chão. Permaneça nessa posição respirando de forma lenta por 20 respirações.

Na sequência, outro movimento. Eleve o tronco e faça uma respiração chamada de “kaphalabhati”, (respiração do crânio brilhante). Trata-se de uma respiração vigorosa, que lembra o movimento de assoar o nariz. O ritmo entre as respirações deverá ser mantido. Conte 30 respirações.

Depois de contabilizar a sequência de respiração, certifique-se de que os pulmões estão “vazios”. Sugue o abdômen para dentro, como se o puxasse através de um cordão. Relaxe e repita a sequência algumas vezes.

Inspirando lentamente, deve-se voltar a primeira sequência, com as mãos fechadas sobre o abdômen, com a testa relaxada no chão. Repita mais 20 vezes.

A sequência deve ser repetida ao todo, três vezes, e depois do último ciclo, já deitado com as costas no chão, relaxe durante cinco minutos. Use um tapetinho para realizar os exercícios.

Compartilhe:

Deixe seu comentário!