Página Inicial > Decoração de Casa e Apartamento > Construção e Reforma > Algumas Dicas de Reformas Sustentáveis

Algumas Dicas de Reformas Sustentáveis

Não é uma tarefa fácil fazer a construção ou reforma de uma casa. Em especial, nos tempos de hoje, uma vez que há uma série de limitações de tempo, espaço e dinheiro, e muitas pessoas  se esquecem de pensar nos impactos causados pela obra no planeta. Mas, engana-se quem pensa que fazer um espaço sustentável é algo de outro mundo: com simples atitudes em nome do meio ambiente, dá para diminuir não só o impacto, como também os gastos com manutenção da casa e o valor das contas no fim do mês. E ainda garantir uma reforma sustentável.

É importante antes de dar início ao projeto de reforma ou mesmo de construção considerar que é a casa que deverá estar e acordo com a natureza e não o contrário. Quem internaliza esta verdade, já assumiu o compromisso de ser mais sustentável em relação ao meio ambiente. Também é importante levar em consideração outro fator: viabilidade econômica, Em uma obra é importante apostar em materiais que fujam dos tradicionais e que sejam mais sustentáveis também. Eles são os chamados materiais eficientes – como madeiras de reflorestamento ou de demolição – e planejar muito bem a obra, para que o sonho de construir ou reformar não se transforme em pesadelo do dia para a noite. E também não saia muita mais caro do que o inicialmente planejado.

Facilite o conforto dos moradores da casa e posicione os cômodos de forma mais adequada com a realidade da rotina da casa, respeitando a planta dela. Isto ajuda, por exemplo, a montar um projeto de elétrica e iluminação muito mais eficiente para a casa. Também reduz custos com a obra e, futuramente, com a conta de energia. Além dos impactos ambientais. Para isso, o projeto deve aumentar a eficiência energética do lugar, levando em conta a ventilação e iluminação internas, além dos pontos cardeais.

Opte sempre por abrir a face norte para ambientes de maior permanência, como quartos e salas, uma vez que a entrada da luz do sol é maior; já nas regiões quentes, a parte norte também pode ser aberta, contando com um beiral ou uma árvore, capazes de bloquear com mais facilidade a entrada do sol no cômodo. O lado leste também é indicado para a construção de quartos e salas.

Já a face sul é mais apropriada para construir garagens e despensas, e o lado oeste é ideal para o plantio de hortas e árvores, além da construção de áreas de baixa permanência, como banheiros e áreas de serviço. Faça as adaptações do projeto da casa, em caso de construção, considerando a topografia do terreno. Sempre.

Compartilhe:

Deixe seu comentário!