Página Inicial > Saúde > 5 Dicas Para Ter Um Coração Mais Saudável

5 Dicas Para Ter Um Coração Mais Saudável

 

As mudanças de comportamento humano, provocadas por conta da globalização, assim como a expansão nos conglomerados urbanos, em grande parte foram determinantes para aumentar a exposição ao chamado fator de risco. É por conta deste “fator de risco’, que os médicos afirmam que o homem vive a era das doenças crônicas não transmissíveis e uma delas, que ocupa inclusive um grande destaque entre as doenças que aumentam as taxas de mortalidade estãoas chamadas doenças cardiovasculares, em outras palavras, as doenças que estão associadas ao coração.

Algumas medidas são altamente indicadas para se evitar problemas cardíacos. E se adotadas, podem ajudar a manter a saúde do coração de quaisquer pessoas que não tenham doenças preexistentes.

A primeira medida para quem quer ter um coração saudável é não fumar. Para aqueles que fumam cessar o tabagismo pode garantir alguns anos a mais de vida. Vale lembrar que o tabagismo é a principal causa evitável de doença cardiovascular. Os efeitos do tabagismo sobre o coração e todo o sistema cardiovascular é altamente danoso. Fumar causa problemas na pressão arterial, no sistema de coagulação e na disponibilidade de oxigênio, além disso,está associado ao aumento do risco de infarto do miocárdio, morte súbita, acidente vascular encefálico (AVC), aneurisma de aorta e doença arterial periférica. Parar de fumar traz benefícios imediatos à saúde como um todo.

A segunda causa de doenças ligadas ao coração é a alimentação inadequada e o excesso de consumo de álcool. É muito importante haver uma redução no consumo de açúcares, sal, gorduras saturadas e trans. O melhor mesmo é consumir grãos, verduras, legumes, carne magra e ingerir água – evitando álcool, refrigerantes, e sucos artificiais.

Outra medida importante que ajuda a manter a saúde do coração é a perda de peso. Hoje, em vários países do mundo, inclusive no Brasil, a obesidade é considerada um problema de saúde pública. Mais de 56% da população adulta do país está já no estágio de obesidade. Controlar o peso ajuda a melhorar o funcionamento do coração, uma vez que ele trabalha com menos sobrecarga.

Atividades físicas regulares ajudam a manter a saúde, como um todo, muito mais equilibrada. Vale reafirmar que sedentarismo é risco direto para o desenvolvimento de patologias cardiovasculares. Por isso, recomenda – se atividades físicas regulares – pelo menos 3 v–zes por semana.

Visitas periódicas ao médico são também importantes. São elas que irão identificar a presença de colesterol alto e hipertensão arterial, além disso, somente um médico qualificado poderá indicar o melhor tratamento, em caso de indícios de qualquer problema.

Compartilhe:

Deixe seu comentário!