Página Inicial > Viagens > Ásia > Vai Viajar Para o Camboja? Veja Aqui Dicas Para Curtir a Sua Viagem

Vai Viajar Para o Camboja? Veja Aqui Dicas Para Curtir a Sua Viagem

Publicidade:

Pequeno país do sudeste Asiático, que conta com uma população de 14 milhões de habitantes, o Camboja ou Cambodja, esteve por dominação de uma facção de esquerda, o Khmer Vermelho, liderada por Pol Pot, durante mais de 30 anos. Destino turístico que recebe alguns milhares de europeus todos, é coberto por florestas tropicais e cortado por três grandes cadeias de montanhas. Sua cidade mais visitada é Siem Reap, situada ao noroeste do Camboja, uma porta de entrada para o Sítio Arqueológico de Angkor, patrimônio da humanidade e principal atração turística do local.

Há muitos locais também interessantes para serem vistos no Camboja. São noventa templos distribuídos em 400 quilômetros quadrados, todos suntuosos. Muitos foram restaurados ou estão em fase de restauração. Angkor, que significa “Cidade Sagrada”, foi a capital do Império Khmer durante a época de esplendor, entre os séculos IX e XV, isto quando os Khmers controlaram um grande reino hindu-budista no local. Na verdade, Angkor é um aglomerado de locais a serem visitados: Angkor Wat, Angkor Thom e Ta Phron, com seus palácios, bibliotecas, lagos, canais e reservatórios, que impressionam pelo tamanho, beleza e riqueza de detalhes. Quem vai ao local deverá reservar ao menos um dia para fazer os passeios e as visitações.

O Camboja também é muito procurado por jovens, por ser um lugar que não custa tão caro como tantos outros tidos como mais tradicionais. Lá da para passar bem com cerca de $ 50 dólares por dia.

Há ainda outras atrações que devem ser visitadas no Camboja. Entre Siem Reap e Angkor Wat, há muitos outros templos, além de pequenas aldeias, onde se pode conhecer o estilo de vida dos cambojanos que criam búfalos,  plantam coco, vendem artesanato e extraem tudo de uma planta conhecida como ‘palmeira de açúcar’, um dos símbolos nacionais do país. Com esta árvore alguns objetos são produzidos e dela vem larga fonte de renda para quem vive no Camboja. Não deixe de provar o suco que é feito da fruta extraída da planta.

Uma curiosidade que acerca o local são os aquários de peixes ornamentais que são muito visitados pelos turistas. A visitação se deve não apenas pela apreciação de peixes ornamentais, mas porque eles são usados para fazer massagens nos pés dos visitantes.

As melhores épocas do ano para ir ao Camboja são entre os meses de novembro a janeiro, período em que as chuvas dão uma trégua aos cambojanos. Sol e calor são típicos o ano inteiro.