Tudo Sobre o Curso de Engenharia Ambiental

O curso de Engenharia Ambiental é voltado para o estudo e principalmente para o uso sustentável dos recursos florestais. Há vários anos sabemos que o desmatamento e a ocupação de maneira indevida (ou seja, sem a avaliação técnica de um profissional) ocorrem com bastante frequência em diversos estados brasileiros.

O profissional da área, o engenheiro florestal será responsável pela avaliação do potencial de ecossistemas florestais e planejamento de acordo com padrões de aproveitamento, visando a preservação da flora e fauna. Além disso, sua pesquisa envolve a seleção de sementes e mudas de espécies, sua identificação e classificação para que sejam analisadas as condições necessárias a sua adaptação ao meio ambiente.

Em muitos casos é necessário que o profissional faça a elaboração e o acompanhamento de projetos de preservação de parques, fazendas, áreas particulares, reservas naturais, etc. Caberá a ele também processos de recuperação de áreas degradadas, avaliações de impacto ambiental relacionados as atividades humanas no local e arborização urbana.

Nos últimos anos houve uma grande ampliação de mercado para esse profissional, afinal ele é o responsável por efetuar vistorias, avaliações e perícias, emitindo pareceres e laudas para empresas e governo, cujo principal objetivo é assegurar que não haverá nenhum tipo de impacto socioambiental.

Atualmente o mercado de trabalho na área de Engenharia Ambiental está em constante expansão, devido a grande preocupação com a sustentabilidade. Com isso, quem trabalha na área ambiental terá boas oportunidades em empresas dos mais variados ramos.

Órgãos públicos como o Ministério do Meio Ambiente, Ibama, Instituto Estadual de Florestas –IEF e o ICMBio são alguns dos órgãos mais importantes que realizam com frequência concursos para a contratação de profissionais da área. Já as empresas privatizadas que prestam serviço para o governo também buscam por bons profissionais qualificados.

Na região Sul e Sudeste estão concentrados boa parte das vagas para engenheiros florestais. Em média o salário inicial é de R$4.500,00 por seis horas de trabalho diárias.

O curso de Engenharia Ambiental tem duração média de cinco anos, no currículo matérias relacionadas as ciências agrárias e biológicas, além de disciplinas de botânica, fisiologia vegetal, biologia celular, silvicultura, tecnologia da madeira, entre outras. No final do curso é necessário cumprir a carga horária de estagio obrigatório e trabalho de conclusão de curso.