Receita de Beijinho (Branquinho)

Dicas para fazer o beijinho:

            Para quem não sabe, nem sempre brigadeiro simbolizou o docinho que tanto agrada aos brasileiros e que não pode faltar em nenhuma festa ou comemoração. Palavra brigadeiro, originalmente, designa um posto nas forças armadas, no Brasil corresponde a um posto de maior hierarquia entre os generais. Disto isto, fica fácil remeter-se á história do docinho mais brasileiro de todos.

            Conta a lenda, que o brigadeiro – general Eduardo Gomes era apaixonado pelo docinho, cuja receita original levava ovos, leite, açúcar e muito chocolate.  Sua esposa, bem como as correligionárias do partido UDN, enrolavam  vários “negrinhos”, como eram conhecidos os doces, para vender nas convenções e assim, arrecadar fundos para a campanha do Brigadeiro, o qual concorreu à presidência da República no anos de 1947 e 1960. Ele não foi eleito, nas o docinho sim. Passou a ser conhecido como o docinho do “brigadeiro” e amado por todos os brasileiros.

Por um tempo, o brigadeiro esteve sem muito prestígio, o que não tem acontecido nos últimos tempos. Atualmente, há inclusive doceiras e doçarias especializadas na receita e na comercialização dos tais “brigadeiros gourmet”, que levam ingredientes diferenciados a ou até mesmo, inusitados.

Uma variação da receita original, também muito brasileira, é o brigadeiro beijinho. Rápida e de fácil execução, o docinho também é um dos protagonistas nas mesas de doces, principalmente entre a criançada.

Ingredientes:

1 lata de leite condensado (sempre de boa qualidade);

1 colher de sopa de manteiga sem sal (nunca substitua por margarina,o resultado não é o mesmo);

1 xícara de chá de coco ralado fino (use o seco, embora se for do agrado pode usar o fresco);

1 caixa de creme de leite UT (sempre de boa qualidade);

1 pacote de cravo (para decorar);

Açúcar cristal;

Forminhas.

Modo de Preparo:

Em uma panela de fundo grosso, disponha todos os ingredientes, na ordem em que aparecem, reservando apenas o cravo.  Leve ao fogo baixo, sempre mexendo. Use espátulas de silicone para este processo, pois colher comum costuma aquecer demais as mãos de quem está cozinhando. Também evite as colheres de pau (do tipo da vovó, são adoráveis, mas pouco higiênicas).

Quando a massa estiver iniciando uma breve fervura e se desprender da panela (pegue a alça da panela com cuidado, levante-a e faça um movimento circular, é assim que se verifica o desprender da panela), desligue o fogo, reserve a mistura em uma tigela de vidro, ou outra que não tenha resíduos de sabor e deixe esfriar. Depois, pegue uma colher de chá e vá pegando penas porções para fazer as bolinhas. Unte as mãos com manteiga (ou umedeça em água). Passe as bolinhas em açúcar cristal e ponha nas forminhas. Decore o centro delas com um cravo. O brigadeiro beijinho está pronto. Rendimento: 40 a 50 docinhos.

Termos de busca: