Quais os Alimentos Bons para o Coração

Os problemas cardíacos podem ser causados por diversos fatores, porém uma alimentação adequada poderia evitar grande parte do problema, então se você deseja prevenir ou até mesmo recuperar alguma condição de saúde que já é existente e juntamente com os benefícios esperados, ainda existem outros que são inclusos em uma vida mais saudável, como uma melhor qualidade de vida, mais disposição e energia e muito mais vontade de viver, pois a saúde é a principal motivação para quem deseja melhorar de vida.

A primeira atitude que deve ser tomada é diminuir no sal, mas não só no sal que temperamos os alimentos, pois estes podemos controlar e até substituir com outros temperos, porém o que as pessoas não costumam prestar atenção é nos produtos industrializados, que tem altas quantidades de sódio, que é o pior inimigo do coração, sem perceber consumimos o sódio em artigos comuns na cozinha brasileira, como o molho de tomate industrializado, as conservas e enlatados, alimentos processados e carnes embutidas, por isso é importante sempre conferir as informações nutricionais no verso das embalagens e se for possível sempre apostar nos alimentos frescos e orgânicos.

Aliados ao coração não faltam, tantas opções para os variados paladares, são opções doces e salgadas que se enchem de nutrientes ideais para tratar e prevenir qualquer doença cardíaca, um dos mais eficazes é o tomate, seguido pela uva, que pode ser consumida também em forma de vinho, com uma pequena quantidade diária, os peixes são ingredientes indicados para uma dieta preventiva e para quem já está em tratamento para algumas cardiopatias, o azeite de oliva extra virgem e as azeitonas são ótimos aliados, desde que consumidos com a moderação adequada, pois para cada sistema existe uma dosagem específica destes e de outros alimentos indicados, por isso para descobrir as quantidades apropriadas para cada caso é necessária uma consulta com um nutricionista.

Quaisquer produtos integrais, como pães, massas e biscoitos devem ser substituídos na dieta de um cardíaco, o consumo moderado de gorduras é uma das maiores recomendações médicas, a pratica de atividades físicas e a ingestão de água também fazem parte de uma rotina ideal para qualquer pessoa que deseja ter uma boa qualidade de vida, seja cardíaca ou não.

Claro, tudo isso são ótimas dicas, mas você deve consultar um médico e uma nutricionista para ver o que é melhor para o seu caso.