Página Inicial > Receitas e Mesa > Peixes > O Tradicional Bacalhau Natalino

O Tradicional Bacalhau Natalino

Publicidade:

Pode-se dizer que não existe Natal sem ceia. Afinal, se reunir a família na noite de Natal é uma tradição, preparar a Ceia de Natal também. É o momento em que a família se reúne para agradecer a vida, algumas mais religiosas, para relembrar o nascimento e sacrifício de Jesus Cristo. Tudo isso em torno de uma mesa farta, com diversos pratos típicos. Cada lar tem sua receita favorita ou mais tradicional, o prato indispensável, um costume, um tempero secreto. O que realmente importa na ceia é todos estejam prontos para receber o espírito natalino.

 

No Brasil, as receitas de ceias de natal mais tradicionais envolvem uma diversidade de pratos.  Um país com inúmeras miscigenações e misturas, a gastronomia só teve a ganhar. Com tantas influências, as receitas se multiplicaram e o paladar aprendeu a apreciar tudo o que é novo. Contudo, uma das mais tradicionais receitas dos portugueses ainda permanece como sendo uma das favoritas dos brasileiros. Trata-se do bacalhau natalino. Embora cada família que tenha incorporado a receita à ceia natalina faça uso de alguma variação, o bacalhau natalino deve, tradicionalmente, respeitar algumas “regras” em seu preparo.

 

A tradição remonta à Idade Média, época em que o jejum entre os católicos era, de fato, obrigatório. Não era permitido comer nada em dia de festas religiosas. Ao jejum se aplicava a regra de não se comer nenhum tipo de carne vermelha. Então, as populações portuguesas, em especial as do norte, passaram a comer bacalhau, um tipo de peixe de águas frias – e de baixo custo. O bacalhau ainda não era salgado como conhecemos, que desenvolveu esta prática foram os espanhóis, para a melhor conservação do peixe. Comer peru é hábito recente, trazido dos Estados Unidos.

 

Uma das receitas mais tradicionais de bacalhau natalino é o bacalhau à Gomes de Sá. Para fazê-la são necessários os seguintes ingredientes:

 

500g de bacalhau cozido e desfiado;
4 batatas;
2 cebolas;
2 ovos cozidos;
50g de azeitonas verdes e pretas;
Azeite (a gosto);
Salsinha (a gosto).

 

O modo de preparo é relativamente simples. Mas vale lembrar que o dessalgue do bacalhau deve ser feito sempre dois dias antes de seu consumo. Cozinhe as batatas cortadas em rodelas. Retire do fogo, escorra-as bem e em seguida, frite-as em óleo quente. Reserve. Corte as cebolas em rodelas finas e doure-as em uma frigideira com um pouco de azeite. Acrescente o bacalhau já dessalgado e desfiado, as batatas e as azeitonas. Em seguida, regue com azeite e misture bem. Para finalizar, sirva o prato com os ovos cozidos cortados em 4 partes com salsinha salpicada por cima.