Página Inicial > Educação > Geografia > O Rio Volga, Mais Sobre Esse Rio Russo

O Rio Volga, Mais Sobre Esse Rio Russo

Publicidade:

Considerado o maior rio da Europa e o mais importante de terras russas é o rio Volga. Possuindo uma extensão de mais de 3.688 quilômetros, tem a sua nascente nos montes Valdai, isto ao noroeste da cidade de Moscovo, e a cerca de 320 quilômetros de São Petersburgo. O rio Volga corre através da planície russa e deságua, por um delta, no mar Cáspio, junto à cidade de Astrakhan. Ainda possui o maior caudal na área da bacia hidrográfica.

 

Pertencente à bacia hidrográfica mais perto do Mar Cáspio, o rio Volga e seus 200 afluentes – sendo os mais importantes os rios Kama, Oka, Vetluga e Sura –, abrange uma área total de 1.360.000 quilômetros quadrados. O delta do Volga tem aproximadamente 160 quilômetros, incluindo 200 canais e pequenos rios que, durante as cheias da primavera, podem mudar o seu curso. O enchimento principal do rio é feito pelas águas de neve – 60% do escoamento anual-, as águas subterrâneas correspondendo a 60%, e águas de chuva, chegando a cerca de 10%.

 

Contudo, se considerado da nascente à foz, o rio Volga desce apenas 240 metros, sendo o seu trajeto três vezes maior do que o do Reno, que também entra na categoria dos mais importantes rios europeus. O tráfego é intenso e facilita o intercâmbio de mercadorias norte-sul. Por meio de canais, interliga os mares Branco, Báltico, Cáspio, Azov e Negro, caracterizando-se como uma via fluvial fundamental para o transporte de bens no interior da Rússia. Ainda é importante salientar que na bacia do Volga Superior há grandes florestas. No Volga Médio e na parte do Volga Inferior as áreas maiores são ocupadas por plantio de frutas, culturas de cereais e industriais. No distrito do Volga-Ural existem ricas jazidas de petróleo e gás e depósitos de potássio e no Volga Inferior, o sal.

 

O Volga possui grandes trechos navegáveis mas também alguns desníveis, isto permite o uso da força das águas para a geração de energia elétrica, o que é comum na maioria dos rios. O escoamento do rio é hoje regularizado inteiramente com barragens, sendo que uma delas está na cidade de Rybinsk, e constitui o maior porto do curso superior do Volga.  Desde a Segunda Guerra Mundial, o rio Volga concentra um papel de destaque na indústria russa.

 

O rio pode ser dividido em três partes, a primeira chamada de Volga Superior, a partir de nascente até a foz do rio Oka, já a segunda, de Volga Médio, cuja desembocadura do Oka segue até a foz do Kama. E uma terceira, a Volga Inferior, que vai da desembocadura do Kama até a foz.