Esportes Radicais: A prática do Balonismo

Praticar esportes radicais requer destreza, conhecimento, treino e muita, muita vontade de aventura, quer seja em terra, água ou ar. Para os que gostam de estar nas alturas, mas não querer se ariscar com manobras radicais, a adrenalina ficará por conta da prática do balonismo, uma das modalidades praticadas há bastante tempo pelo homem.

Esporte radical aéreo praticado com um balão de ar quente, o balonismo possui adeptos no mundo inteiro, e aqui no Brasil, o esporte somente ganhou maior visibilidade a partir dos anos de 1990.

Para quem não sabe, o balão é considerado uma aeronave, assim como o avião e o helicóptero. Em razão disso, o balão que for utilizado para a prática necessidade de registros junto à ANAC, bem como o piloto da aeronave de ter a licença, mais conhecida como brevê, só que este deverá ser específico para a prática de girar balão.  Sem contar que este também deverá ter um seguro, um certificado de licença para voos, todos obrigatórios.

Segundo dados colhidos nos últimos anos, o balonismo além de ser um esporte radical, tem se mostrado uma excelente ferramenta de mídia, a qual atrai inúmeros anunciantes, o que ajuda a propagar ainda mais a modalidade.

O balonismo é reconhecido como um dos esportes aéreos mais seguros para serem praticados, cujos índices de acidentes quase perfazem a taxa zero. Mas é importante não confundir a prática do balonismo com a atitude de soltar balões de papel, que aqui no Brasil, é considerada uma atividade totalmente ilegal e criminosa.

Ocorrem muitos campeonatos de balonismo no mundo, os quais são elaborados de forma criteriosa e segura. Para as competições são avaliadas as performances como a precisão dos voos realizadas pelos pilotos.

Existem três tipos de balões para que a prática do esporte seja realizada. O Balão de hélio tripulado, que são bem raros devido ao alto custo de projeção, eles são fechados e sua ascensão bem como seu preenchimento se dá por meio do gás hélio, que é bem mais leve do que o ar, o que faz com que o balão ganhe altitudes bem elevadas.

Já os balões de ar quente tripulados, são os mais comuns e que possuem mais adeptos ao redor do mundo. Seu aquecimento e ascensão se dá por meio do ar quente, e o combustível utilizado é o gás propano. O balão poderá levar de 3 a 65 tripulantes, sendo que há um tipo de balonismo considerado como “turístico” e é muito comum na região da Capadócia.