Dicas para Fazer um Canil em Casa

Como organizar um pequeno canil em casa.

Apesar de ser um abrigo temporário, o canil deve ser confortável, com espaço suficiente para o cão deitar-se, espreguiçar-se e mudar de posição. Deve ser o mais próximo possível do seu habitat natural, que lembre uma toca. A posição com relação ao sol também é importante, o da manhã é o melhor, entre 7h e 10h. A radiação solar funciona como esterilizador ambiental, eliminando eventuais bactérias. E o tamanho dependerá do tamanho da raça. Se for um bulldog francês, por exemplo, pequeno, mas forte, com altura de 25 a 34 cm e peso entre 8 e 14 kg, deve ser um pouco maior que ele.

A limpeza do canil deve ser feita apenas com água abundante e, uma vez por semana, se possível. A desinfecção pode ser feita com cloro. Mas devido ao cheiro forte, o cão só deve entrar novamente no canil depois que o odor tiver desaparecido. O chão deverá ser construído com uma inclinação de 5% na direção do ralo para o devido escorrimento de toda a água e necessidades do cão, com saída para o esgoto ou a fossa.

As paredes do canil são um detalhe relevante. Confeccionadas com tijolos de barro ou azulejos (que aumentam a durabilidade evitando que os cães arranhem e furem as paredes), melhoram o conforto térmico, assim como o teto de laje coberto por um telhado com madeirame. O uso de telhas de amianto, zinco ou similar não é indicado porque não protege do calor.

Ao contrário das paredes, o chão do canil não deve ter azulejos, pois quando molhados são escorregadios e o cão pode machucar as patas e até sofrer alguma lesão mais séria. A orientação é de que o acabamento seja feito com uma massa de cimento e areia fina. Um tablado de madeira (ipê ou roxinho) pode ser colocado para manter o cão aquecido, seco e evitar a formação de calos.

A iluminação também não pode faltar, sobretudo para emergências noturnas. Uma lâmpada central ou duas lâmpadas, uma voltada para dentro e outra para fora, são suficientes. O interruptor das lâmpadas deve, necessariamente, ficar na parte de fora do canil (ou numa altura que o cão não consiga alcançar). Outra providência indispensável é a instalação de, pelo menos, uma tomada de força ou que tenha uma próxima ao canil para realizar a higienização. Lembrando que todo o sistema elétrico deve passar a, pelo menos, 1 metro do piso.

Se todos esses cuidados foram combinados com uma boa caminhada diária, um espaço disponível na casa para brincar e correr e atenção e carinho do dono, o cão estará satisfeito com seu canil.